ESTE BLOG SERÁ UM CANAL DE EVANGELIZAÇÃO PARA TODOS OS POVOS .

QUE POSSAMOS AJUDAR A QUEM PRECISA COM NOSSAS PALAVRAS DE CONFORTO, DE TESTEMUNHO E DE FÉ. QUE O SENHOR ABENÇOE RICAMANTE CADA UM DE VOCÊS QUE ACESSAR SE TORNAR SEGUIDOR. PAZ DO SENHOR A TODOS!

E POR MIM TAMBÉM!

E POR MIM TAMBÉM!

LEMBRAR SEMPRE!

LEMBRAR SEMPRE!

Ouça o que DEUS quer te dizer!


ALIMENTE-SE COM ESTA PALAVRA

ALIMENTE-SE COM ESTA PALAVRA

sábado, 9 de outubro de 2010

O MAPA DOS VOTOS DOS EVANGÉLICOS

Na maioria dos municípios de Pernambuco onde a comunidade evangélica está acima da 30% da população, a ex-candidata do PV à presidência da República Marina Silva foi a segunda mais votada. Em 66,6%, ou seja em 14 das 21 cidades do estado com mais evangélicos, Marina surpreendeu - revela um mapeamento feito pelo Diario a partir de um cruzamento de dados da Justiça Eleitoral, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Ministério de Apoio à informação (Mai), ong evangélica coordenada pela matemática Eunice Zillner. Essa conclusão sobre o voto religioso em Pernambuco pode ser um ponto de partida para se descobrir onde estão os eleitores de Marina, os mais cobiçados da campanha de segundo turno entre Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB).


Cidadãos de valores semelhantes aos do militar aposentado Guilherme Alves, 51 anos, e da dona de casa Marise Lima, 48, tornaram-se alvo maior dos concorrentes que passaram para o segundo turno. Seguidores da igrejaAssembleia de Deus e eleitores de Marina Silva, eles estão agora indecisos sobre quem escolherão no próximo dia 31 de outubro. "Tudo vai depender do que cada um falar e defender", afirma Marise, da Assembleia do Curado IV, em Jaboatão dos Guararapes. "A opinião de Marina não influencia. Tenho meu próprio pensamento. O importante é o que os dois candidatos vão falar", informa. Já Guilherme deu uma pista: "Estou mais para Serra porque as posições de Dilma não me agradam, mas não decidi ainda".

Em Jaboatão, onde Guilherme e Marise residem, 39% das pessoas declaram-se evangélicas. Lá, pode-se confirmar a tese sobre a suposta influência do evangélicos na "onda verde": Marina conseguiu 33% da votação total e desbancou Serra (16,6%). Em Paulista, na qual os evangélicos representam 36% da população, o mesmo aconteceu. A candidata do PV ficou com 31%. Outra cidade em que ela teve boa votação foi Abreu e Lima. Conhecida como "a cidade dos evangélicos" pelo número de igrejas instaladas e por ter 46% dos cidadãos integrando igrejas com esse perfil, Abreu e Lima deu 26% dos votos válidos para Marina.

Nas três, todas na Região Metropolitana do Recife, o percentual da candidata do PV superou a média estadual dos votos dela, onde ficou em terceiro lugar (19,3%). Nas cidades de pequeno porte distante da capital e onde há mais evangélicos, o percentual dela também fica acima das taxas observadas em municípios com pouca densidade populacional. Por exemplo, em Itaquitinga (Zona da Mata), com 41% de evangélicos segundo o IBGE, Marina obteve 18,6%.


Eles são alguns dos eleitores mais disputados do segundo turno da disputa presidencial.
O voto dos evangélicos por si só não definirá a eleição, mas esse grupo de eleitores será fundamental na vitória de Dilma ou Serra. Além dele, o voto do eleitor urbano, da classe média, intelectuais e estudantes podem ter um peso grande, como analisou o governador reeleito Eduardo Campos (PSB) em reunião com a cúpula da campanha de Dilma na última segunda-feira, em Brasília. Estima-se que em Pernambuco existam cerca de 2,4 milhões de evangélicos, conforme projeção da especialista EuniceZillner, do Mai. A taxa de crescimento anual da população evangélica aqui é de 8,4%.

Para o cientista político e bispo da Igreja Anglicana no Nordeste, Robinson Cavalcanti, os concorrentes ainda não se deram conta do potencial dos evangélicos. Segundo ele, Dilma ou Serra precisam perceber o peso desses eleitores e os valores históricos que eles levam consigo. "Estamos num momento de compreensão desses novos paradigmas e, quem não se der conta disso, sairá prejudicado da eleição", afirma o bispo e ex-coordenador do mestrado de ciências políticas e ex-diretor do centro de filosofia da UFPE. "Para mim, o discurso que sensibilizará esse eleitorado é o que caminha para o social-progressista e de uma lógica moral conservadora", avisa. Robinson lidera cerca de cinco mil membros de 47 igrejas ligadas à sua diocese (Leia entrevista).

Onde estão os votos de Marina:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TEXTOS POSTADOS

OREMOS UNS PELOS OUTROS PORQUE

OREMOS UNS PELOS OUTROS PORQUE

A RESPOSTA É:

A RESPOSTA É:

DEUS ETERNAMENTE

DEUS ETERNAMENTE

DEPOSITE SUA ESPERANÇA E

DEPOSITE SUA  ESPERANÇA E

AMADOS

AMADOS

DESEJAMOS SEMPRE

DESEJAMOS SEMPRE