ESTE BLOG SERÁ UM CANAL DE EVANGELIZAÇÃO PARA TODOS OS POVOS .

QUE POSSAMOS AJUDAR A QUEM PRECISA COM NOSSAS PALAVRAS DE CONFORTO, DE TESTEMUNHO E DE FÉ. QUE O SENHOR ABENÇOE RICAMANTE CADA UM DE VOCÊS QUE ACESSAR SE TORNAR SEGUIDOR. PAZ DO SENHOR A TODOS!

E POR MIM TAMBÉM!

E POR MIM TAMBÉM!

LEMBRAR SEMPRE!

LEMBRAR SEMPRE!

Ouça o que DEUS quer te dizer!


ALIMENTE-SE COM ESTA PALAVRA

ALIMENTE-SE COM ESTA PALAVRA

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

DEUS É BOM!



Bom dia amados amigos e irmãos!

Estava tomando café agora pouco e o SENHOR me deu uma palavra... Quando fui buscar o trecho na Bíblia DEUS me levou até este texto... Então decidi compartilhar com vocês!

“Quero trazer à memória o que me pode dar esperança.” Lamentações 3:21

Quantas vezes nos abatemos por pensar que Deus se esqueceu de nos abençoar? Damos espaço a uma tristeza inexplicável, ao abatimento que leva embora o sorriso do rosto. Mas será que Ele se esqueceu mesmo?

No Salmo 20, parece que Davi quer lembrar Deus de todas as ofertas entregues: “Lembre-se de todas as tuas ofertas de manjares e aceite os holocaustos.” Na verdade, somos nós que nos esquecemos de todos os feitos do Senhor e que somente Ele é Deus.

No dia da tribulação, do problema, parece que tudo se levanta e vai contra você. Coisas simples como bater o dedo na quina da cama, derramar alguma coisa no chão, não conseguir a resposta que se deseja do marido, enfim, parece que tudo conspira contra.

Mas o próprio Salmo 20 diz: “Agora sei que o Senhor salva o seu ungido; ele lhe responderá do seu santo céu com a vitoriosa força da sua destra.” Ele sempre tem uma resposta, mesmo que tudo em volta pareça ruim e sem solução.

Confiar e confiar

Tudo o que um dia se fez para Deus não foi em vão. Ele conhece as intenções de cada coração e a sinceridade de cada entrega.

O que devemos fazer cada vez que o abatimento nos vem e sentimos falta de uma resposta direta de Deus é confiar que Ele é Deus e, como Deus, não deixa de cumprir nenhuma de suas promessas. Temos que saber colocar a nossa fé em prática.

Quando se sentir abatido e sem forças, lembre-se de tudo o que o Senhor já fez na sua vida, de todos os livramentos, de todas as bênçãos alcançadas. Lembre-se de que Ele e somente Ele é Deus para realizar o impossível, e que você não está sozinho.

Assim como Ele foi no passado, Ele ainda é. Por isso, os milagres já vividos são apenas uma amostra grátis daqueles que ainda virão. Basta crer e confiar.

Por Tany Souza

TENHAM TODOS UM EXCELENTE DIA NA PRESENÇA DE DEUS! ABRAÇOS E FIQUEM NA PAZ! AMO VOCÊS NO IMENSO AMOR DE CRISTO!


A PAZ DE CRISTO:IRMÃ NEUSA AMORIM NEUSINHA

terça-feira, 6 de novembro de 2012

O Preparo do Pregador e da Sua Mensagem.



Introdução
Pregar o evangelho é o serviço mais elevado no mundo, e portanto não é tão fácil exercê-lo fielmente como muitos pensam. Este esboço não é destinado ao fim de resolver, nem abordar todos os assuntos, mas simplesmente apresentar vários aspectos que o pregador deve lembrar cada vez que prepara e faz uma pregação. E ninguém pode diz
er que já alcançou perfeição nesta parte, pois nem o pregador mais experiente vai pensar que não há mais lugar para aperfeiçoar no seu modo de preparar e expor a preciosa palavra de Deus.


Este esboço se divide em quatro partes: (1) O preparo espiritual do pregador, (2) A preparação da mensagem, (3) A apresentação da mensagem.

I. O preparo espiritual do pregador
É o requisito indispensável na pregação da palavra de Deus.


A. Tem que ter O TESTEMUNHO DA GRAÇA DE DEUS operando em sua vida.
1. O começo é a sua conversão.

a. A Bíblia fala dos que usam a palavra de Deus para satisfazer sua avareza (II Ped. 2:1-3).
b. Nesses casos, a palavra de Deus se torna em instrumento do diabo para subversão dos que realmente crêem.

2. Precisa também ser chamado por Deus para pregar.
a. Nem todos são chamados, como nem todos eram apóstolos (I Cor. 12:29).
b. Fidelidade no que Deus tem nos colocado é o mais importante.
c. Pode-se distinguir 3 chamadas diferentes que Deus faz em relação ao semear das palavra:


1º) O testemunho pessoal que é o dever de todo membro da igreja, seja mulher, homem, moço ou velho. Isso se faz com as palavras que falamos e o modo de agirmos.

2º) O episcopado (I Tim. 3:1) é uma chamada especial, para a qual nem todos são qualificados, pois aquele que ocupa o lugar de pastor local é sujeito a exigências mais rigorosas do que Deus espera dos outros.

3º) O evangelista (Atos 21:8 / Ef. 4:11) também prega e ensina a palavra mas não como pastor da igreja.d. Portanto, o homem que prega deve ter firme convicção da sua chamada, sendo tão convencido disso quanto à sua própria salvação.3. Deve mostrar a graça de Deus na sua vida de cada dia. A sua vida tem que reforçar a sua fala.

a. Uma vida inconsistente tira a força da palavra do pregador.
b. Ele pode chegar a ponto de destruir seu ministério e tornar-se inútil na pregação do evangelho. Nossas ações falam mais alto do que a nossa voz.

B. O pregador tem que reconhecer que o poder da mensagem fica na presença do Espírito Santo, e não em si mesmo.
1. Portanto, exige-se bastante oração e comunhão com Cristo através do Espírito Santo.

Lembre-se de que toda glória sempre pertence a Deus, e Ele não permite que outros tomem para si essa glória.dependência do Espírito Santo não elimina a necessidade de estudar e preparar a mente.pregação espiritual é o resultado duma preparação tanto de coração como de mente.
Uma semana abençoada a todos.

sábado, 13 de outubro de 2012

O povo me honra com os lábios, mas tem o coração longe de mim




ISAÍAS 27. 13

O povo do tempo de Isaías prestava um culto hipócrita a Deus. Não era um culto honesto e sincero, mas um culto teatral, fingido. Apenas um culto exterior e não um culto saído do coração. Isto está errado, é algo que não é aceite por Deus, antes, é repudiado.

O Senhor, tanto no Evangelho de Mateus como no de Marcos, falou expressamente contra o culto tradicional, hipócrita, apenas de aparência. Ele criticou os líderes religiosos do Seu tempo, pois apenas tinham preceitos, ritos, tradições e corações cheios de invejas, malícias, cobiças, etc.

Que diria Jesus se viesse assistir a muitos cultos dos nossos dias, nas nossas igrejas, com batuques, gritarias, venda de óleos santos, águas do Jordão, folhinhas de oliveira trazidas da Palestina, etc.? Certamente Jesus ficará muito triste, mas é isto que se encontra. Hoje, Jesus encontrará muita religião, mas pouco amor; muita religião, mas pouca fé; muita gente endemoninhada, mas pouco culto honesto, prestado em espírito e verdade.

É preciso que tenhamos fé para nos aproximarmos de Deus, mas não que sejamos crédulos para engolirmos tudo o que os senhores da religião nos queiram impingir.

Ter fé é algo que nasce de uma leitura e audição atenta da Palavra de Deus, de maneira a que novos sentimentos de alegria, paz, bondade, gozo, amor, etc. sejam gerados no nosso coração e cresçam para glória de Deus e bem do nosso próximo.

Prestar culto a Deus é servi-lO integralmente, com todo o nosso ser, na pessoa do nosso semelhante. Prestar culto a Deus é servi-lO e amá-lO sem reservas, de maneira que expressemos, em nosso viver, os Seus atributos de paz, santidade, verdade, vida e amor, que serve sempre sem desejar ser servido





O povo me honra com os lábios, mas tem o coração longe de mim
Jesus pregava que acima da lei estava o amor.   Ele não era contra a lei, pois sabia que dela advinha de todo o aprendizado de seu povo e da revelação de Deus em sua história.  Era contra, sim, à vivência exagerada de um legalismo que acabava por afastar as pessoas, tal era o julgamento mútuo que impunha.
Por isso, em diversas passagens veremos Jesus apoiando ações aparentemente contrárias às leis dos judeus. Seus discípulos colherão espigas em dia de sábado e não lavaram as mãos antes de comer.  Toda essa nova postura será considerada por muitos como uma afronta às leis.  Jesus, porém, irá demonstrar que a lei maior é a lei do amor e por isso dirá que o maior mandamento será amar uns aos outros e que deste, todos os demais decorrerão.
As Suas palavras “o povo me honra com os lábios, mas tem o coração longe de mim” (Mc 7, 6) refletirão a necessidade de trazer no coração aquilo que é dito pela boca, ou seja, ter uma prática coerente com a palavra que prega, viver em testemunho constante daquilo que se acredita.  Este é o Seu ensinamento que ainda hoje nos deve fazer pensar sobre nossa própria coerência de vida.  Estamos vivendo um cristianismo testemunhal ou apenas pregamos palavras bonitas?  Somos realmente agentes de transformação da sociedade ou vivemos uma fé morna, apenas justificada pela presença nas missas de domingo?  Fazemos dos ritos uma real liturgia ou apenas estamos presentes para nos fazer vistos pelos demais?
Aproximar o coração de Cristo significa viver em plenitude os seus ensinamentos e tentar fazer de nossa vida um constante testemunho de nossa fé. Ainda que isso nos leve a ser repreendidos pelos demais, como Jesus e seus discípulos o foram, ainda que nos leve ao julgamento alheiro, ainda que nos aproxime da cruz.  Porque é da aproximação com Jesus em seu sofrimento, que nos aproximaremos também de sua glória.

Texto sugerido: Mc 7, 1-23


Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim. 
Mateus 15:8

TER ÊXITO EM TUDO!




Salmo 1:3 “Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quando ele faz será bem sucedido.
O foco deste Recado é a manifestação das riquezas de Deus, das Suas bênçãos, da Sua prosperidade. Deus quer derramar prosperidade sobre a vida da Sua igreja. Nós precisamos que o Espírito Santo sincronize a nossa mente e o nosso coração com a mente de Cristo, para que seja ela ativada no nosso pensamento.
O tema que vamos desenvolver será tão enriquecedor, tão grande, tão amplo, que a mente humana não conseguirá atingir nem entender por si só; é preciso que haja o mover do Espírito Santo nela.
O apóstolo Paulo disse em 1ª Coríntios 2:16 “Pois quem conheceu a mente do Senhor, que o possa instruir? Nós, porém, temos a mente de Cristo”.
O Espírito Santo tem que sincronizar a mente de Cristo em nós, pois vamos tratar da vida de um povo que foi predestinado por Deus com um propósito: ser ministro de uma Nova Aliança. Portanto, é preciso que o Espírito sincronize na nossa mente os pensamentos de Deus, para que entendamos quem somos, quem é Deus, quais são os nossos direitos, para que o momento da pregação da Palavra seja o grande momento das nossas vidas.
Efésios 1:4“assim como nos escolheu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor”.
A história da nossa vida não começou no primeiro dia em que entramos numa igreja e ouvimos a pregação da Palavra de Deus. Diz a Bíblia que Deus nos escolheu nele, desde antes da fundação do mundo. Portanto, este ato da soberania de Deus tem implicações muito sérias na nossa vida com Ele. Ele disse que nos escolheu para sermos santos e irrepreensíveis.
Mesmo antes da fundação do mundo já existíamos no coração de Deus, por isso, não posso pensar que estou nesta terra para apanhar, para sofrer, para rastejar.
Existe alguma coisa muito importante que eu tenho que dizer a respeito dos propósitos de Deus para cada um dos Seus escolhidos e da igreja como um todo. O sábio Salomão escreveu em Provérbios 8:22 “O SENHOR me possuía no início de sua obra, antes de suas obras mais antigas”.
A obra de Deus mais antiga é a criação do mundo, não só o mundo terreno, mas também o cosmos, tudo o que existe nesta dimensão infinita e ilimitada.
Antes de criar todas as coisas, o Senhor já nos possuía, ou seja, Deus nos criou em Espírito, antes das obras mais antigas para alguma finalidade, para algum propósito. Nós somos uma extensão de Deus, somos filhos de Deus. Ele quis ter filhos nesta terra. Para que tu atives a mente de Cristo em ti e sincronizes teus pensamentos para estas verdades, é necessário entenderes que isto tem uma história, fundamentos, desígnios; não é por acaso que um homem ou uma mulher de Deus se tornam exitosos na vida, isto já está predestinado por Deus desde antes da fundação do mundo. Vejamos em Gênesis 1:26 “Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra”.
Esta manifestação de Deus, expressa no texto acima, é uma das dezesseis manifestações de Deus no antigo testamento. Aqui Deus está se manifestando como criador, e a palavra criador vem do original hebraico ELOHIM, que quer dizer Deus criador para o exercício da sua justiça.
EL é singular, HIM é plural, então, quer dizer que é o Deus que se manifesta de forma plural. Deus não tem uma única forma de se manifestar; Ele tem uma forma ampla de se manifestar, por isso ele disse em João 17:21 “a fim de que todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti, também sejam eles em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste”.
Sim, Deus está em Cristo, Cristo está em Deus e nós estamos no meio deles, ou seja, neles. Então, a determinação de Deus, quando Ele disse “façamos o homem”, é o maior pacto que Deus poderia ter feito nos céus. Ele falou como criador a hostes de anjos, a serafins e querubins, vamos fazer o homem à nossa imagem e à nossa semelhança.
O criador Elohim significa um criador com autoridade sobre a criação para exercer justiça. Por isso ele disse, os meus filhos são a minha extensão nesta terra; eles terão a minha imagem e semelhança, que é a imagem de autoridade, de domínio, de governo, de poder, de alguém que é dono, a imagem daquele que tem o poder da procriação. Portanto, quando Deus disse “façamos o homem à nossa imagem e semelhança”, estava dizendo: “Eu estou criando filhos, vou colocá-los na terra, eles vão ter o domínio de Deus, o governo de Deus, o poder de Deus, a autoridade de Deus, a capacidade de serem donos e a capacidade de procriação.” Este é o plano original de Deus para nós, Seus filhos. Deus não mente, ele nos fez para sermos à imagem e à semelhança dele, para dominarmos, para governarmos, para possuirmos.
Deus quer que sua igreja seja a sua imagem de domínio, de governo, de poder, de procriação nesta terra. Tu tens que entender quem tu és, porque senão, quando se começa a falar em êxito, em prosperidade, em grandeza, em riqueza, a primeira coisa que todo mundo faz é dizer: Eu nasci para ser um gafanhoto!’ É isto que muitos pregadores ensinam. Mas Deus está dizendo à igreja: “Eu te criei no meu ministério de Elohim, criador, à minha imagem e à minha semelhança, ou seja, tu podes governar, conquistar, dominar, procriar, podes ser dono.”
 
Isto não acontece com a vida diária da igreja de Jesus Cristo porque muitos pregadores não conhecem estas verdades, e se as conhecem, preferem pregar outras coisas e com isto chamam Deus de mentiroso, enganando o povo de Deus. Isto começou na igreja romana há dois mil anos que dizia ao povo que quanto mais pobre, quanto mais humilhado, mais Deus o amaria, como se pobreza e humilhação demonstrassem a grandeza de Deus nesta terra.
Tu tens que entender quem tu és, caso contrário, não vais te achar no direito de teres as riquezas, a glória, o êxito e a prosperidade como bênçãos de um filho de Deus.
Pedro escreveu em sua epístola 1ª Pedro 5:8 “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar”.
O diabo devora as pessoas que ignoram estas verdades. A ignorância é o seu melhor alimento. Ele devora os ignorantes, os mentirosos, os roubadores. Tu tens que receber em tua vida que tens a imagem e a semelhança do Senhor.O mentiroso anda ao derredor porque ele não pode chegar junto, ele não pode tocar, e ele está pronto para devorar quem ignora as verdades de Deus. Grande parte do povo de Deus não sabe quem é nem o que Deus imputou em sua vida. Se Deus disse: “Façamos o homem à nossa imagem e semelhança”, ou seja, com o mesmo domínio, com o mesmo poder, com a mesma autoridade, com a mesma capacidade, eu tenho que dizer alto que eu tenho direitos herdados de Deus!
Há pessoas que amam a Deus sinceramente, mas não têm entendimento! Romanos 10:2 “Porque lhes dou testemunho de que eles têm zelo por Deus, porém não com entendimento”.
Eles amam a Deus, são capazes de ficar uma noite sem dormir no cimo de um morro, ficam semanas sem comer, entram nas grutas, (só faz isso quem ama muito a Deus) mas, na realidade, é ignorante, não tem entendimento. Amam Jesus, mas não sabem quem Ele é. Isto é ter uma fé ignorante, uma fé cega. Ora, a fé tem poder, diz a Bíblia, e vence o mundo.
O mundo quer te dizer que tu não podes, que tu és gafanhoto; a fé diz que tu és mais do que vencedor, que tens direito ao melhor. É tua posição espiritual usar o poder de Deus, foi Deus que te colocou neste estado de filho e herdeiro de todas as suas promessas. Mas o povo de Deus não vive a Palavra verdadeira, por isso há escassez, miséria, pobreza. Quando Deus nos criou, Ele nos fez para que usufruíssemos o melhor desta terra porque fomos feitos à sua imagem e semelhança. João 10:34-35“Replicou-lhes Jesus: Não está escrito na vossa lei: Eu disse: sois deuses? Se ele chamou deuses àqueles a quem foi dirigida a palavra de Deus, e a Escritura não pode falhar”.
Ele dirigiu esta palavra aos eleitos, aos escolhidos, às pedras que vivem, aos predestinados. Deus chamou-nos deuses. Mas Deus não nos chamou deuses, para sermos deuses pobres, deuses famintos, deuses necessitados, deuses em crise!
Se Deus disse lá no início que a escritura não pode falhar é porque não falha mesmo. Ele estava criando pessoas segundo Sua imagem e semelhança, para dominar, para governar, para ser dono, para possuir. Isto não pode falhar! Deus nos criou com um propósito de sermos pessoas bem-sucedidas, sermos pessoas com êxito em tudo.
Deus quer que Seu povo governe, que tenha domínio, que tenha autoridade, para que seja o resplendor da Sua glória nesta terra.
 

 
Agora, imaginemos Deus olhando para nós e vendo uma igreja mendiga, uma igreja de gente em crise, mal sucedida! Que imagem e semelhança tem esta igreja com Cristo? Ou acreditamos nisto e abraçamos a fé com sinceridade, com força, com a energia de Deus, com a fé que vence o mundo, ou então vamos andar aqui como mendigos de Deus. Vejamos o que disse Lucas. Lucas 1:37, 38 ,45 “Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas”. Então, disse Maria: Aqui está a serva do Senhor; que se cumpra em mim conforme a tua palavra. E o anjo se ausentou dela. Bem-aventurada a que creu, porque serão cumpridas as palavras que lhe foram ditas da parte do Senhor”.
Não haverá impossíveis para ti, se tu realmente creres nas promessas de Deus. Não é impossível tu comprares tua casa, montares teu negócio. Deus disse: “vamos criar o homem a nossa imagem e semelhança, que ele tenha domínio, que ele tenha força, que ele tenha poder, que ele possua, que ele seja dono.”
 
Tu podes estar vivendo uma situação de vergonha a respeito de alguma coisa, tu podes estar com câncer, ter uma ameaça da justiça, mas saibas que não há impossíveis para Deus. Nós não podemos ver o povo de Deus patinar no mesmo barro ano após ano.
Disse Maria: “que se cumpra em mim conforme a tua palavra.” Que se cumpra o que Deus disse em Sua palavra!
2ª Coríntios 3:2-3“Vós sois a nossa carta, escrita em nosso coração, conhecida e lida por todos os homens”. “Estando já manifestos como carta de Cristo, produzida pelo nosso ministério, escrita não com tinta, mas pelo Espírito do Deus vivente, não em tábuas de pedra, mas em tábuas de carne, isto é, nos corações.”
Você sabe o que quer dizer carta de Cristo no original grego?
Se nós temos a capacidade de dominar e de governar, temos de entender que Deus nos criou com um propósito de sermos pessoas bem sucedidas. Nós não fomos criados para sermos menos do que isto. Esta é a única igreja que acredita nisto, nós somos, portanto, cartas de Cristo, nós somos cópias de Jesus.
A religião tem feito muito mal ao povo de Deus. As igrejas produzem escravos. Ditadores nos púlpitos escravizam as pessoas. Tu tens que mudar a tua forma de pensar, porque o que pensas é o que és. Se pensas que és um gafanhoto, serás como um gafanhoto. Mas se tu disseres: “eu penso e creio que sou mais que vencedor, que tenho governo, autoridade, poder”, as coisas tem que suceder.
 
       
Cumpra-se aquilo que Deus disse. Tu tens que desaprender tudo o que é errado e que te foi semeado, especialmente se tu vieste, como eu, da igreja católica.
Eu ficava rezando ave Maria e não via Deus agir, estava falando com um Deus morto. Tive que desaprender tudo aquilo que foi colocado na minha mente. Uma das coisas que eu aprendi, é o que diz respeito ao êxito das questões financeiras. Aprendi, então, que o que é perigoso e desaconselhável e pecado é o amor ao dinheiro.
Nesses trinta e cinco anos de experiência, vejo que toda pessoa que amou mais o dinheiro do que a Deus, acabou perdendo todo o dinheiro.       
     
Eclesiastes 10:19 “O festim faz-se para rir, o vinho alegra a vida, e o dinheiro atende a tudo”.
Eu tenho conhecimento destes valores, eu sempre fui um indivíduo muito temente a Deus com estas questões, eu nunca toquei em dinheiro que é de Deus! Por isso, nós fazemos o que fazemos na área da evangelização, por isso conseguimos construir a catedral.
Há três coisas que não se pode tocar na obra de Deus: no sexo alheio, na glória de Deus e no dinheiro de Deus. O Pastor tem que ganhar, ter a sua dignidade. Paulo disse: “quem trabalha no altar tem que comer do altar.” Ele não pode usufruir o sacrifício dos outros. Com Deus não se brinca! Eu aprendi isto muito bem. Gastam bilhões de dólares em fazer obras faraônicas que ficam inacabadas apodrecendo, mas na hora de semear nos canteiros do Reino, pessoas fecham a mão. Muitas vezes, a pessoa paga o que tiver que pagar para assistir a gente ímpia cantando, dançando escandalosamente. Quando se trata de Deus, muitas pessoas se encolhem, é uma avareza vergonhosa!
Então, nós fomos criados para o louvor de Deus, para governarmos, para possuirmos, para dominarmos, a fim de sermos uma fonte de vida nesta terra. O que Deus quer com a sua igreja é que ela seja fonte de vida e que as promessas de Abraão se manifestem na vida de cada um dos Seus filhos.
Os princípios de Deus não podem falhar! Você tem que sair da escassez para a prosperidade, da derrota para a abundância, porque as riquezas e a glória provêm de Deus. É impossível sermos pobres se honramos a Deus. Eu não trato dinheiro com medo, eu trato dinheiro como instrumento de vida, como coisa espiritual. Dinheiro tem a ver com a nossa espiritualidade. É impossível ser pobre se tu segues os princípios de Deus!
Nós temos que limpar a mente de toda impossibilidade, de toda intimidação, de toda a dúvida e saber que a nossa fonte é o Senhor, o nosso êxito depende de estarmos conectados com esta palavra. Céus e terra passarão, disse Jesus, mas a minha palavra não passará.
Romanos 8:19 “A ardente expectativa da criação aguarda a revelação dos filhos de Deus
Amado, tira da tua mente o espírito negativo que te faz dizer não posso, não tenho, não sou capaz, sou pobre, é difícil, é impossível, não dá, não consigo. Vamos ordenar ao norte, ao sul, ao leste e ao oeste que largue o dinheiro; que o dinheiro saia dos ímpios para as mãos do povo de Deus. Cumpram-se estas palavras!
Não foi Deus que disse que o dinheiro sairia das mãos dos ímpios para as mãos do povo de Deus? Então, que se cumpra esta palavra. Cumpra-se na tua vida, a casa própria, a riqueza, os negócios, as oportunidades!
Veja os teus negócios prosperarem, veja a tua casa própria, veja Deus fazendo cumprir a Sua palavra. Não há impossíveis para Deus! O Senhor disse: Não estás vendo coisas novas que estão saindo à luz?
Nós estamos dizendo: “cumpra-se na nossa vida”, segundo a Palavra daquele que disse: “Eu vos criei para terdes a minha imagem e a minha semelhança.” Cumpra-se na nossa vida. Ele disse: “Eu quero que o meu povo tenha domínio, tenha autoridade, eu estou criando filhos para serem como Eu nesta terra.”
Ele era rico e se fez pobre para que pela Sua pobreza nos tornássemos ricos. Eu creio nisto! Tu tens que crer nestas verdades! Povo da França, povo da Inglaterra, povo da Europa, de Portugal, da Espanha, todos têm que crer nisto. Cumpra-se a Palavra de Deus em cada país, em cada pessoa! Cumpra-se a prosperidade, cumpra-se a abundância.
Como as coisas vão acontecer, deixa com Deus. Tu só tens que crer. Maria não sabia explicar, ela não tinha marido, o Espírito lhe disse: “Você vai ser mãe!” Cumpra-se na tua vida a promessa da prosperidade. Cumpra-se, recebe, toma posse, e deixa Deus gerar o filho em você. A obra sobrenatural não é nossa, é dele, a crença é nossa, a fé vence.
Cumpra-se a palavra profética de Deus, uma manifestação gloriosa de riquezas sobre a igreja. Deus não gerou filhos fracassados; gerou filhos vencedores. Isto é para todos os que crêem. Pode ser para todos, mas todos os que crêem. Vamos em direção à conquista, é o poder de Deus se manifestando. Deus tira do ímpio e bota nas mãos dos seus filhos. Cumpra-se!
Oração:
Senhor Jesus, eu creio que a partir de hoje eu tenho êxito em tudo, o contrário eu não recebo. Menos do que isto eu não aceito. Tenho a Tua imagem e a Tua semelhança, Senhor! Está cumprida a Palavra de Deus para a nossa vida!
ASSIM SEJA, ASSIM DISSE O SENHOR!
Apóstolo e Bispo Primaz Miguel Ângelo, teu amigo e irmão em Cristo.
Share
This

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

NÃO TEMAS SERVO MEU




NÃO TEMAS SERVO MEU
Irmã Neusinha
Dia 1907/12

Texto Base: Isaías 43.1ª 5

  • A nossa fraqueza faz com que vacilemos;
  • A desconfiança nos deixa cegos;
  • O medo faz com que deixemos de contemplar as bênçãos do Senhor;
  • Quando paramos de buscar ao Senhor fracassamos e nos afastamos dEle!
  • Se a oração diária vier como principal em nossas vidas não sofreremos muito;
  • Se confiarmos nas palavras de Deus descansaremos e teremos mais vitórias
Em Jesus.
  • Se não temermos tanto certamente a nossa vida tanto certamente a nossa vida
Será mais tranqüila;

REFLEXÃO:
  • Você tem confiado plenamente no Senhor?
  • Tem descansado no Deus de poder?
  • Tem deixado Ele agir por você?
  • Como você tem reagido quando as lutas vêm?
  • Crer realmente que Deus resolverá seus problemas?


Não temas!!

Isaías 12.2 (O Senhor é a minha força...)
Salmos 18.2 ( O Senhor é o meu rochedo...)
Josué 8.1(Não temas e não te espantes...)
Salmos 84.8

1Lázaro em uma de suas canções diz que passa pela prova dando glória a Deus.

2 Mesmo que as circunstâncias digam não,o Senhor te diz espere,confie, creia que Deus vai fazer...

3 Muitas vezes dizemos Senhor,tu não estás me vendo?

4 A palavra de Deus diz que no mundo tereis aflições,mas tende bom ânimo, eu venci o mundo e vocês em mim também vencerão...

PAZ!!

domingo, 9 de setembro de 2012

O SEU CORPO É PARA A GLÓRIA DE DEUS




PREGAÇÃO:O SEU CORPO É PARA A GLÓRIA DE DEUS
IRMÃ NEUSA AMORIM
DIA 09/09/12

PALAVRA: I CORÍNTIOS 6.19 a 20

Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus. 1 Coríntios 6:19 e 20

A sociedade atual usa umas frases que caem por terra diante da palavra de Deus.

“ O corpo é meu e faço o que eu quero com ele”.

“O que vale nesta vida é ser feliz”.

“ O que é bonito é para se mostrar”.

“ Ninguém manda em mim,uso o que quiser”.

“O tempo de ser feliz é agora”.

Muitos cristãos estão embarcando nesta onda do mundo e fazendo coisas que desagradam demais ao Senhor.

Eles dizem que adoram a Deus que amam,como pode ser?? Se não respeitam o corpo de Deus que vive em cada um deles...

Não cuidamos do corpo que é templo e morada do Espírito Santo de Deus que vive em cada um de nós.

REFLEXÃO:

Como deve ficar o SENHOR quando usamos roupas que desagradam a ELE não cuidamos da saúde de nosso corpo, fazemos dele o que bem queremos...

Será que DEUS tem se agradado das suas vestes? Dos seus cuidados com o corpo? Do seu espiritual? De que você tem se alimentado?

Em I Coríntios10.31 diz que: “ Portanto,quer comais,quer bebais, ou façais qualquer outra coisa,fazei tudo para a Glória de Deus.”

Em I Coríntios 12.13 também fala que:”  Pois todos nós fomos batizados em um espírito,formando um corpo,quer judeus,  quer gregos, quer servos,quer livres e todos temos bebido de um espírito.”


sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Minha Esperança, projeto evangelístico de Billy Graham, é transmitido na Espanha e consegue pelo menos 7400 conversões


Minha Esperança, projeto evangelístico de Billy Graham, é transmitido na Espanha e consegue pelo menos 7400 conversões

Minha Esperança, projeto evangelístico de Billy Graham, é transmitido na Espanha e consegue pelo menos 7400 conversões
O programa de TV “Minha Esperança”, organizado pela Fundação Billy Graham, foi transmitido na Espanha e no distrito de Lugo, uma cidade localizada na região noroeste do país, e aproximadamente 7.400 pessoas se converteram após ouvirem a mensagem exibida.
Lugo é uma cidade que é rodeada por muralhas construídas pelo império romano e que permancem intactas até hoje. A Espanha é um país de maioria católica e com uma séria restrição cultural ao protestantismo.
Segundo a organização do “Minha Esperança”, mais de mil igrejas em todo o país receberam treinamento para acolher pessoas após a transmissão do programa. “As igrejas de toda a Espanha voltaram a se entusiasmar com o evangelismo de novo, depois de ver o poder de Deus para mudar vidas”, afirmou o responsável pela coordenação do projeto na cidade de Lugo, segundo informações do Charisma News.
O projeto “Minha Esperança” enfrentou dificuldades de ser realizado na Espanha, pois os canais de televisão abertos não estavam dispostos a alugar um horário de sua programação para transmitir o conteúdo evangélico. Durante a fase de divulgação, o jogador Kaká, que atualmente mora na capital espanhola, onde defende a equipe do Real Madrid, serviu de garoto propaganda. Em um dos comerciais ele convidava os telespectadores para assistirem à programação e conhecer mais sobre sua fé.

quarta-feira, 4 de julho de 2012







REFERÊNCIAS BÍBLICAS À DANÇA

Para evitar sobrecarregar o leitor com a análise técnica do uso extenso de seis palavras hebraicas traduzidas como “dança”, apresentarei apenas uma breve alusão a cada uma delas.

Palavras HEBRAICAS traduzidas por DANÇA
A palavra hebraica “chagag” é traduzida uma vez como “dança” em I Samuel 30:16 no contexto de “comendo, bebendo e dançando”, pelos Amalequitas. É evidente que isto não é dança religiosa.

A palavra hebraica “chuwl” é traduzida duas vezes como “dança” em Juízes 21:21,23, com referencia às filhas de Siló, que saíram a dançar nas vinhas e foram tomadas de surpresa como esposas pelos homens de Benjamim. Novamente, não há dúvida que neste contexto esta palavra se refere à dança secular, executada por mulheres acima de qualquer suspeita.

A palavra hebraica “karar” é traduzida duas vezes como “dança” em II Samuel 6:14 e 16 onde está declarado “E Davi dançava com todas as suas forças diante do Senhor;… Mical, filha de Saul, estava olhando pela janela; e, vendo ao rei Davi saltando e dançando diante do Senhor….” Abaixo é dito mais acerca do significado da dança de Davi. Neste contexto é suficiente notar que “estes versos se referem a um tipo de dança religiosa fora do contexto da adoração no Templo. A palavra “karar” é usada nas escrituras apenas nestes dois versos, e nunca é usada em conjunção com a adoração no Templo”.

A palavra hebraica “machowal” é traduzida seis vezes como “dança”. Salmos 30:11 usa o termo poeticamente: “Tornaste o meu pranto em regozijo (danças)”. Jeremias 31:4 fala das “virgens de Israel” as quais “sairão nas danças dos que se alegram”. O mesmo pensamento é expresso no verso 13. Em ambas as ocasiões as referências são a danças folclóricas sociais, executadas pelas mulheres.

“Louvai-O com Danças”.
Em dois exemplos importantes, machowal é traduzido como “dança” (Salmos 149:3 e 150:4). Eles são os mais importantes porque na visão de muitas pessoas eles provêem o apoio bíblico necessário para se dançar como parte na adoração da igreja. Uma olhada de perto nestes textos demonstra que esta suposição popular está baseada em uma leitura superficial e numa interpretação incorreta dos textos.

Lingüisticamente, o termo “dança” nestes dois versos é contestado. Alguns estudiosos acreditam que machowl deriva de chuwl que significa “fazer uma abertura”. uma possível alusão a um instrumento de “tubo”, como um órgão. Na realidade esta é a versão de rodapé dada pela KJV. O Salmo 149:3 declara: “Louvem-lhe o nome com danças” [ou “com órgão”, no rodapé da KJV]. Em Salmos 150:4 lemos: “Louvai-O com adufes e com danças” [ou “órgão”, rodapé da KJV].

Pelo contexto, machowl parece ser uma referência a um instrumento musical; em ambos os textos, Salmos 149:3 e 150:4, o termo ocorre no contexto de uma lista de instrumentos a serem usados no louvor ao Senhor. No Salmo 150 a lista possui oito instrumentos: trompete, saltério, harpa, adufes, instrumentos de corda, órgãos, címbalos sonoros, címbalos retumbantes (KJV). Como o salmista está listando todos os instrumentos a serem usados no louvor do Senhor, é plausível assumir que machowal é também um instrumento musical, seja qual for a sua natureza.

Outra consideração importante é a linguagem figurativa desses dois salmos, a qual, dificilmente dá margem a uma interpretação literal de dança na Casa de Deus. O Salmo 149:5 encoraja o povo a louvarem o Senhor nos “leitos”. No verso 6, o louvor é feito com “espadas de dois gumes” nas mãos. Nos versos 7 e 8, o Senhor é louvado por castigar os povos, pôr os reis em cadeias, e os seus nobres em grilhões de ferro. É evidente que a linguagem é figurativa porque é difícil acreditar que Deus esperaria que as pessoas O louvassem estando em pé ou saltando sobre as camas ou enquanto brandem uma espada de dois gumes.

O mesmo se aplica ao Salmo 150, que fala em louvar a Deus, de modo altamente figurativo. O salmista chama o povo de Deus para louvar o Senhor “pelos seus poderosos feitos” (verso 2) em todo lugar possível e com todo instrumento musical disponível. Noutras palavras, o salmo menciona o lugar onde louvar o Senhor, particularmente, “no Seu santuário” e “no firmamento do Seu poder”; a razão citada para louvar o Senhor, é por “Seus atos poderosos. . . conforme a excelência da sua grandeza”. (verso 2); e os instrumentos a serem usados citados para louvar ao Senhor são os oito listados acima.
Este salmo só faz sentido se considerarmos a linguagem como sendo altamente figurativa. Por exemplo, não há nenhuma possibilidade do povo de Deus poder louvar o Senhor “no firmamento do Seu poder”, porque eles vivem na terra e não no céu. O propósito do salmo não é especificar o local e os instrumentos a serem usados na música de louvor na igreja.

Nem se pretende dar permissão para dançar para o Senhor na igreja. Antes, seu propósito é convidar todo aquele que respira ou emite sons para louvar ao Senhor em todos os lugares. Interpretar o salmo como sendo uma permissão para dançar, ou tocar tambores na igreja, é interpretar de forma incorreta a intenção do Salmo e contradizer as regras que o próprio Davi deu com respeito ao uso de instrumentos na Casa de Deus.

Dança de Celebração.
A palavra hebraica mechowlah é traduzida como “dança” sete vezes. Em cinco das sete ocorrências a dança é feita por mulheres na celebração de uma vitória militar (I Samuel 18:6; 21:11; 29:5; Juízes 11:34; Êxodo 15:20). Miriam e as mulheres dançaram para celebrar a vitória sobre o exército egípcio (Êxodo 15:20). A filha de Jefté dançou para celebrar a vitória de seu pai sobre os amonitas (Juízes 11:34). Mulheres dançaram para celebrar a matança dos Filisteus por Davi (I Samuel 18:6; 21:11; 29:5).

Nas duas ocorrências restantes, mechowlah é usada para descrever a dança dos Israelitas, nus, ao redor do bezerro de ouro (Êxodo 32:19) e a dança das filhas de Siló nas vinhas (Juízes 21:21). Em nenhum destes exemplos a dança é parte de um serviço de adoração. A dança de Miriam pode ser vista como religiosa, mas da mesma forma que as danças executadas em relação às festividades anuais. Porém, estas danças não eram vistas como um componente de um serviço divino. Elas eram celebrações sociais de eventos religiosos. A mesma coisa acontece hoje em países católicos onde as pessoas celebram anualmente dias santos organizando carnavais.

A palavra hebraica raquad é traduzida quatro vezes como “dança” (I Crônicas 15:29; Jó 21:11; Isaías 13:21; Eclesiastes 3:4 [NVI]). Uma vez se refere a “seus filhos põe-se a dançar” (Jó 21:11). Outro é o “sátiro que dança” (Isaías 13:21) que pode ser uma cabra ou uma figura de linguagem. Um terceiro exemplo é uma referência poética ao “tempo de dançar” (Eclesiastes 3:4), mencionada como contraste ao “tempo para chorar”. Uma quarta referência é o exemplo clássico do “rei Davi dançando e folgando” (I Crônicas 15:29). Em vista do significado religioso relacionado à dança de Davi, uma consideração especial será feita em breve.

Dança no Novo Testamento.
Duas palavras gregas são traduzidas como “dança” no Novo Testamento. A primeira é orcheomai, traduzida quatro vezes como “dançar”, referindo-se a dança da filha de Herodias (Mateus 14:6; Marcos 6:22) e a dança dos meninos (Mateus 11:17; Lucas 7:32). A palavra orcheomai significa dançar em movimentos graduais ou regulares e nunca é usada para se referir à dança religiosa na Bíblia.

A segunda palavra grega traduzida como “dança” é choros. Ela é usada apenas uma vez em Lucas 15:25, referindo-se ao retorno do filho pródigo. Nos é dito que quando o filho mais velho chegou perto da casa “ouviu a música e as danças”. A tradução “danças” é contestada porque a palavra grega choros ocorre apenas uma vez nesta passagem e é usada na literatura extra-bíblica significando “coral” ou “grupo de cantores”.De qualquer forma, esta era uma reunião familiar de natureza secular e não se referia à dança religiosa.

A conclusão a que chegamos pela pesquisa anterior das vinte e oito referências à dança é que a dança na Bíblia era essencialmente uma celebração social de eventos especiais, como uma vitória militar, um festival religioso, ou uma reunião familiar. Dança era realizada principalmente por mulheres e crianças. As danças mencionadas na Bíblia eram ou processionais, em circulo, ou que levavam ao êxtase.

Nenhuma referência bíblica indica que os homens e as mulheres dançavam juntos de modo romântico e em pares. Como observa H. Wolf, “Embora o modo de dançar não seja conhecido em detalhes, está claro que os homens e mulheres geralmente não dançavam juntos, e não existe nenhuma real evidência de que eles alguma vez o tivessem feito”. Além disso, ao contrário de suposições populares, a dança na Bíblia nunca foi executada como parte da adoração divina no Templo, na sinagoga, ou na igreja primitiva.
Gostei
Seja o primeiro a gostar disso.
Categoria : Dança Hebraica, História
Tags : Adoração, chagag, chuwl, dança, dança de celebração, Dança Hebraica, dança no novo testamento., dança profética, História, karar, louvai-O com danças, machowal, palavras hebraicas, tradução
Navegação de Posts← DANÇA E ADORAÇÃO






 Dança na Bíblia
 Data: 20/09/08 às 19:06

A Dança é Bíblica? Qual o Significado da dança na Bíblia? Vamos analisar neste texto onde e para que a dança era usada nos tempos bíblicos 

Vemos a dança presente na Bíblia, como sinal de gratidão a Deus, como no caso de Miriã, dançando com as mulheres de Israel em gratidão ao Senhor pelo livramento que lhes foi dado. 

Êxodo 15 
20 Então Miriã, a profetisa, irmã de Arão, tomou na mão um tamboril, e todas as mulheres saíram atrás dela com tamboris, e com danças. 21 E Miriã lhes respondia: Cantai ao Senhor, porque gloriosamente triunfou; lançou no mar o cavalo com o seu cavaleiro. 

Miriã estava tão alegre com Deus, pelo livramento que foi dado ao povo, que dançava alegremente e ela contagiou as outras mulheres com a sua gratidão a Deus. 

A nossa gratidão é contagiante. Se estivermos dançando a Deus em forma de Gratidão, vamos contagiar quem está a nossa volta. 

A Bíblia não fala que Miriã pegou o tamboril e chamou as outras mulheres, pelo contrário, diz que as mulheres saíram atrás dela. 

A verdadeira Adoração, contagia quem está por perto. 

Temos também a situação onde Davi louva ao Senhor com todas as suas forças. 

II Samuel 6 
14 E Davi dançava com todas as suas forças diante do Senhor; e estava Davi cingido dum éfode de linho. 15 Assim Davi e toda a casa de Israel subiam, trazendo a arca do Senhor com júbilo e ao som de trombetas. 16 Quando entrava a arca do Senhor na cidade de Davi, Mical, filha de Saul, estava olhando pela janela; e, vendo ao rei Davi saltando e dançando diante do senhor, o desprezou no seu coração. 

Davi estava comemorando a volta da Arca da Aliança (a presença de Deus) para a cidade de Davi. 

A Bíblia fala, que “dançava com todas a s suas forças”, ou seja, ele estava dando o seu melhor ao Senhor, era um momento de adoração plena ao Pai. Vemos também, que o povo acompanhava Davi na adoração ao Senhor. 

“...Davi e toda a casa de Israel subiam, trazendo a arca do Senhor com júbilo e ao som de trombetas” 

Porém, vemos uma pessoa que, condenou Davi, pela sua atitude. 

“...Mical, filha de Saul, estava olhando pela janela; e, vendo ao rei Davi saltando e dançando diante do senhor, o desprezou no seu coração” 

Vem então a pergunta, por que, Mical condenou a atitude de Davi? 

Será que realmente ele estava ultrapassando os limites, já que era um rei, deveria se portar como tal? 

Mas, olhando por outro lado, por que Mical havia ficado em casa? Porque não se juntou ao povo para buscar a Arca de Deus? 

Ela estava de fora da festa de Adoração ao Senhor. 

Quando alguém fica de fora, ou seja, não acompanha a adoração, esta pessoa pode ser usada pelo inimigo, para atrapalhar quem está adorando. Com críticas e questionamento sem fundamento. 

Dançar para Deus, é Forma de Gratidão, Adoração. Quando estamos dançando, estamos dando ao Senhor uma adoração com tudo o que temos e com tudo o que somos. 

Não importa onde dançamos, no quarto, na igreja, em um seminário, em um momento de devocional. 

Se esta dança é para o Senhor, e exclusivamente pra Ele, ele está recebendo nossa adoração. 

Cada pesoa, recebeu um talendo específico para que pudesse adorar ao Senhor. Uns cantam, outros evangelizam, outros pregam, outros fazem teatros. Então, porque não dançar? 

As pessoas no mundo, dançam para o diabo, dançam para alimentar a carne, por puro prazer. 

Será que Deus merece menos que o Diabo? 

Se as pessoas podem dançar para o diabo, porque nós, que servimos aquele que é maior queo diabo, não podemos dançar para adorar nosso Senhor? 

Deus tem buscado filhos, apaixonados, desesperados, e que façam de tudo para chamar sua atenção. 

È por isso que hoje, em muitas igrejas, noivas apaixonadas danças em louvor e adoração ao Senhor Jesus. 

E tempo da igreja ultrapassar as barreiras da religiosidade e se expressar em adoração apaixonada ao Senhor..... 



http://blogmarciomenezesleitao.blogspot.com/ 


http://twitter.com/marcioleitao 



















sábado, 16 de junho de 2012

PONTES DA UNIÃO





Dois irmãos que moravam em fazendas vizinhas, separadas apenas por um riacho, entraram em conflito.Foi a primeira grande desavença em toda uma vida de trabalho lado a lado.Mas agora tudo havia mudado. O que começou com um pequeno mal entendido, finalmente explodiu numa troca de palavras ríspidas, seguidas por semanas de total silêncio. Numa manhã, o irmão mais velho ouviu baterem à sua porta.
-Estou procurando trabalho, disse ele. Talvez você tenha algum serviço para mim.
-Sim, disse o fazendeiro. Claro! Vê aquela fazenda alí, além do riacho? É do meu vizinho. Na realidade, do meu irmão mais novo. Nós brigamos e não posso mais suportá-lo. Vê aquela pilha de madeira ali no celeiro? Pois use para construir uma cerca bem alta.
-Acho que entendo a situação, disse o carpinteiro. Mostre-me onde estão a pá e os pregos.
O irmão mais velho entregou o material e foi para a cidade.O homem ficou ali cortando, medindo, trabalhando o dia inteiro.Quando o fazendeiro chegou, não acreditou no que viu: em vez de cerca, uma ponte foi construída ali, ligando as duas margens do riacho. Era um belo trabalho, mas o fazendeiro ficou enfurecido e falou:
-Você foi atrevido construindo essa ponte depois de tudo que lhe contei.
Mas as surpresas não pararam aí. Ao olhar novamente para a ponte viu o seu irmão se aproximando de braços abertos. Por um instante permaneceu imóvel do seu lado do rio. O irmão mais novo então falou:
-Você realmente foi muito amigo construindo esta ponte depois do que eu lhe disse.De repente, num só impulso, o irmão mais velho correu na direção do outro e abraçaram-se, chorando no meio da ponte. O carpinteiro que fez o trabalho partiu com sua caixa de ferramentas.
-Espere, fique conosco! Tenho outros trabalhos para você.
E o carpinteiro respondeu:
-Eu adoraria, mas tenho outras pontes a construir…
Já pensou como as coisas seriam mais fáceis se parássemos de construir cercas e muros e passássemos a construir pontes com nossos familiares, amigos, colegas do trabalho e principalmente nossos inimigos?…

Obs.: "Que exista sempre essa ponte que nos une".
(Charles Kattering)

segunda-feira, 7 de maio de 2012

CONFIE SUA VIDA A DEUS!






PREGAÇÃO IRMÃ NEUSINHA
DIA 09/06/11
TEXTO BASE: SALMOS 37. 5

·         Deus tem tantas coisas para nós, que nem imaginamos
 ( Jô 42.2) Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido

·         Ficamos atrás de migalhas sob a mesa, enquanto o Senhor prepara um banquete para mim e para você
(1 Coríntios 2.9) Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o amam.

·         Duvidamos do seu amor por nós e Ele nos chama pelo nome
( Isaías 43.1) Mas agora, assim diz o SENHOR que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu.

·         Esperamos que Ele perceba as nossas dificuldades e o Senhor só quer que a gente dê as mãos e se entregue a Ele (Isaías 49.16)

·         Não vimos às respostas das nossas orações e Ele se move poderosamente diante dos nossos pedidos (Mateus 7.7) Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á.

·         Não confiamos a Ele nosso futuro e o Senhor nos reserva um futuro melhor do que almejamos (Salmos 103. 10 a 14)
 Não nos tratou segundo os nossos pecados, nem nos recompensou segundo as nossas iniqüidades.
Pois assim como o céu está elevado acima da terra, assim é grande a sua misericórdia para com os que o temem.
Assim como está longe o oriente do ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões.
Assim como um pai se compadece de seus filhos, assim o SENHOR se compadece daqueles que o temem.
Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó.

·         Um incidente em nossas vidas quando é para:
·         O bem: é o que almejamos
·         O mal: é o que tememos

·         Quando sentimos medo o Senhor nos acalma como um Pai amoroso
(1 Pedro 5.7) Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.

·         Quantas vezes estamos sobrecarregados é o Senhor quem nos alivia
Mateus 11. 28 a 30 Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.
Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.

·         A caminhada   fica longa e pensamos  em desistir
(Isaías 45. 2) Eu irei adiante de ti, e endireitarei os caminhos tortuosos; quebrarei as portas de bronze, e despedaçarei os ferrolhos de ferro.
Dar-te-ei os tesouros escondidos, e as riquezas encobertas, para que saibas que eu sou o SENHOR, o Deus de Israel, que te chama pelo teu nome.

·         A entrega plena ao Senhor é confiança de que Ele faz, Ele pode basta confiar (Salmos 20. 7) Uns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome do SENHOR nosso Deus.
·         Não somos corajosos o suficiente porque não cremos  verdadeiramente na palavra de Deus
(Josué 1.9) Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares.

·         Não podemos fugir porque o Senhor nos tem nas palmas das suas mãos (Isaías 49.16) Eis que nas palmas das minhas mãos eu te gravei; os teus muros estão continuamente diante de mim.


O QUE FAZER?

1) Busque ao Senhor sempre, não desista porque Ele te ouve!
 Isaías 55.6 Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.

2) Afaste-se de seu passado e caminhe passo a passo com Jesus, da maneira como Ele se revelar a você
Mateus 9.9 E Jesus, passando adiante dali, viu assentado na recebedoria um homem, chamado Mateus, e disse-lhe: Segue-me. E ele, levantando-se, o seguiu.

3) Resista em querer viver o futuro, coloque-o nas mãos do Senhor e deixe-o trabalhar a seu favor
Filipenses 4.13 Posso todas as coisas Naquele que me fortalece

4) Confie que Deus nunca impedirá o que de melhor tiver para você Salmos 136.26 Louvai ao Deus dos céus; porque a sua benignidade dura para sempre.

5) Despreocupe-se com os problemas do dia a dia Filipenses 4.6,
Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças.

6) Deus não lhe pede que seja perfeito(a) amado(a) mas que lhe permita ser perfeito em você Mateus 5.48  Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai, que está nos céus.”

7) Não pense demais no futuro, porque isso pode te impedir de viver plenamente o sobrenatural de Deus em sua vida Mateus 6. 25 a 34  Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?

8) Siga a Jesus todos os dias pelo caminho estreito que você será livre:

- livre para confiar Nele
- livre para fazer tudo com Ele
- livre para sonhar e Ele realizar de acordo com o que for melhor para você
- livre para desfrutar tudo o que o Senhor tem para mim e para você
- livre para caminhar em profundidade de amor
-livre para dar um passo de cada vez

TEXTOS POSTADOS

OREMOS UNS PELOS OUTROS PORQUE

OREMOS UNS PELOS OUTROS PORQUE

A RESPOSTA É:

A RESPOSTA É:

DEUS ETERNAMENTE

DEUS ETERNAMENTE

DEPOSITE SUA ESPERANÇA E

DEPOSITE SUA  ESPERANÇA E

AMADOS

AMADOS

DESEJAMOS SEMPRE

DESEJAMOS SEMPRE