ESTE BLOG SERÁ UM CANAL DE EVANGELIZAÇÃO PARA TODOS OS POVOS .

QUE POSSAMOS AJUDAR A QUEM PRECISA COM NOSSAS PALAVRAS DE CONFORTO, DE TESTEMUNHO E DE FÉ. QUE O SENHOR ABENÇOE RICAMANTE CADA UM DE VOCÊS QUE ACESSAR SE TORNAR SEGUIDOR. PAZ DO SENHOR A TODOS!

E POR MIM TAMBÉM!

E POR MIM TAMBÉM!

LEMBRAR SEMPRE!

LEMBRAR SEMPRE!

Ouça o que DEUS quer te dizer!


ALIMENTE-SE COM ESTA PALAVRA

ALIMENTE-SE COM ESTA PALAVRA

sexta-feira, 27 de abril de 2012

COMO CONTROLAR MINHAS EMOÇÕES?


AS EMOÇÕES têm uma grande influência sobre os pensamentos e as ações. Podem motivar a pessoa de forma positiva ou negativa. Às vezes parece até que a controlam. “Quase nunca fico contente com meu desempenho”, diz Jacob, de 20 anos. “Em geral não consigo alcançar minhas próprias expectativas. Às vezes simplesmente choro ou fico com tanta raiva que desconto em quem está por perto. É difícil controlar o que sinto.”

Aprender a controlar as emoções, porém, faz parte do processo para se tornar um adulto maduro e responsável. Alguns especialistas agora acreditam que a habilidade de lidar com as emoções e com pessoas é mais importante do que ser inteligente. Independentemente disso, a Bíblia dá grande valor a controlar os sentimentos. Por exemplo, Provérbios 25:28 diz: “Quem não sabe se controlar é tão sem defesa como uma cidade sem muralhas.” (Bíblia na Linguagem de Hoje) Por que é tão difícil controlar os sentimentos?




É um desafio para os jovens
Pessoas de todas as idades e formações lutam para controlar suas emoções. Mas a luta pode ser um desafio ainda maior durante os anos de transição da adolescência para a idade adulta. “Muitos adolescentes sentem um misto de emoções confusas, loucas, alegres, assustadoras. Muitos têm sentimentos diferentes ao mesmo tempo e sobre as mesmas coisas.  . . . Num momento a pessoa se sente de um jeito e, no momento seguinte, se sente exatamente o oposto.
Por ser jovem, você é também inexperiente. (Provérbios 1:4) Assim, ao se deparar com novas situações e desafios pela primeira vez, é natural que se sinta um pouco inseguro e, talvez, atônito. Felizmente, o Criador compreende bem seus sentimentos. Ele conhece até mesmo seus “pensamentos inquietantes”. (Salmo 139:23) Em sua Palavra, encontram-se princípios que podem ser de ajuda.
PonO ponto-chave para controlar suas emoções é aprender a controlar seus pensamentos. Se forem negativos, os pensamentos podem privá-lo da energia que necessita para agir. (Provérbios 24:10) Mas como você pode aprender a pensar de modo positivo e, assim, ser ajudado a controlar suas emoções?to-chave para controlar as emoções
    * “Fico louca com os meus pais e digo coisas que não devia. Vou ficar longe deles até que isso passe.”
— Kate, 13 anos. 
    * “A insegurança é o meu maior problema. Às vezes me sinto como se estivesse morrendo por dentro.”
— Ivan, 19 anos.
AS EMOÇÕES têm uma grande influência sobre os pensamentos e as ações. Podem motivar a pessoa de forma positiva ou negativa. Às vezes parece até que a controlam. “Quase nunca fico contente com meu desempenho”, diz Jacob, de 20 anos. “Em geral não consigo alcançar minhas próprias expectativas. Às vezes simplesmente choro ou fico com tanta raiva que desconto em quem está por perto. É difícil controlar o que sinto.”
Aprender a controlar as emoções, porém, faz parte do processo para se tornar um adulto maduro e responsável. Alguns especialistas agora acreditam que a habilidade de lidar com as emoções e com pessoas é mais importante do que ser inteligente. Independentemente disso, a Bíblia dá grande valor a controlar os sentimentos. Por exemplo, Provérbios 25:28 diz: “Quem não sabe se controlar é tão sem defesa como uma cidade sem muralhas.” (Bíblia na Linguagem de Hoje) Por que é tão difícil controlar os sentimentos?
É um desafio para os jovens
Pessoas de todas as idades e formações lutam para controlar suas emoções. Mas a luta pode ser um desafio ainda maior durante os anos de transição da adolescência para a idade adulta. “Muitos adolescentes sentem um misto de emoções confusas, loucas, alegres, assustadoras. Muitos têm sentimentos diferentes ao mesmo tempo e sobre as mesmas coisas.  . . . Num momento a pessoa se sente de um jeito e, no momento seguinte, se sente exatamente o oposto,” diz o livro da autora Ruth Bell: Changing Bodies, Changing Lives (Corpos em Transformação, Vidas em Transformação).
Por ser jovem, você é também inexperiente. (Provérbios 1:4) Assim, ao se deparar com novas situações e desafios pela primeira vez, é natural que se sinta um pouco inseguro e, talvez, atônito. Felizmente, o Criador compreende bem seus sentimentos. Ele conhece até mesmo seus “pensamentos inquietantes”. (Salmo 139:23) Em sua Palavra, encontram-se princípios que podem ser de ajuda.
Ponto-chave para controlar as emoções
O ponto-chave para controlar suas emoções é aprender a controlar seus pensamentos. Se forem negativos, os pensamentos podem privá-lo da energia que necessita para agir. (Provérbios 24:10) Mas como você pode aprender a pensar de modo positivo e, assim, ser ajudado a controlar suas emoções?
Algo que você pode fazer é recusar-se a continuar pensando em coisas negativas que o fazem sentir-se deprimido e inseguro. Por seguir o conselho bíblico de concentrar-se em coisas ‘sérias’ e “justas”, você poderá substituir pensamentos negativos por pensamentos positivos. (Filipenses 4:8) Talvez não seja fácil fazer isso, mas com esforço é possível.Veja, por exemplo, o caso de Jasmine. “Eu me sinto tão sobrecarregada com tudo o que tenho de enfrentar”, queixou-se. “Emprego novo, responsabilidades novas. Minhas emoções ficam desgastadas. Me sinto sufocada.” Não surpreende que um jovem se sinta assim, às vezes, o que o deixa inseguro, indeciso. A Bíblia menciona um jovem chamado Timóteo que estava mais do que habilitado para as responsabilidades que recebeu. Mas aparentemente sentia-se incompetente e lutava contra isso. — 1 Timóteo 4:11-16; 2 Timóteo 1:6, 7.
É bem provável que você se sinta inseguro diante de tarefas novas ou desconhecidas. ‘Nunca conseguirei fazer isso’, talvez pense. Mas pode controlar esses sentimentos de insegurança recusando-se a continuar pensando de modo negativo. Concentre-se em aprender a realizar a tarefa de modo apropriado. Pergunte e siga as instruções. — Provérbios 1:5, 7.


É bem provável que você se sinta inseguro diante de tarefas novas ou desconhecidas. ‘Nunca conseguirei fazer isso’, talvez pense. Mas pode controlar esses sentimentos de insegurança recusando-se a continuar pensando de modo negativo. Concentre-se em aprender a realizar a tarefa de modo apropriado. Pergunte e siga as instruções. — Provérbios 1:5, 7.
Quanto mais habilidade você desenvolver para cumprir uma tarefa, menos inseguro se sentirá. Não se concentre em suas fraquezas, para que não o detenham e não o impeçam de se esforçar em melhorar. Em certa ocasião, quando o apóstolo Paulo foi criticado, ele respondeu: “Mesmo que eu seja imperito na palavra, certamente não o sou no conhecimento.” (2 Coríntios 10:10; 11:6) Você também pode ganhar confiança em si mesmo por reconhecer seus pontos fortes e por buscar a ajuda de Deus para lidar com as fraquezas. Com certeza, Deus pode ajudá-lo, assim como ajudou seu povo no passado. — Êxodo 4:10.


 Outras ajudas para controlar suas emoções são: estabelecer alvos razoáveis, realistas e aceitar seus limites. Também, evite comparar-se injustamente com outros. Em Gálatas 6:4, a Bíblia dá um bom conselho quando diz: “Prove cada um quais são as suas próprias obras, e então terá causa para exultação, apenas com respeito a si próprio e não em comparação com outra pessoa.”



Como lidar com a raiva
Lidar com a raiva pode ser outro desafio difícil. Como aconteceu com Kate, mencionada no início, a raiva pode levar muitos jovens a dizer ou fazer coisas que magoam ou são destrutivas.
É comum sentir raiva de vez em quando. Mas lembre-se do primeiro assassino, Caim. Quando se ‘acendeu muito sua ira’, Deus lhe avisou que tal ira poderia levá-lo a cometer um pecado grave. Ele perguntou a Caim: ‘Conseguirás dominar o pecado?’ (Gênesis 4:5-7) Caim não seguiu esse conselho divino, mas com a ajuda de Deus você pode controlar a raiva e evitar o pecado!
 
Mais uma vez, a questão é controlar os pensamentos. Em Provérbios 19:11, a Bíblia diz: “A perspicácia do homem certamente torna mais vagarosa a sua ira, e é beleza da sua parte passar por alto a transgressão.” Quando alguém o irrita, tente entender por que agiu assim. A pessoa queria mesmo magoar você? Ou será que foi apenas uma ação impulsiva ou impensada? Tolerar os erros dos outros reflete a misericórdia de Deus e pode ajudar a controlar os sentimentos de raiva.
 
Mas e se você tiver um motivo válido para sentir-se irado? As Escrituras dizem: “Ficai furiosos, mas não pequeis.” (Efésios 4:26) Se necessário, converse com a pessoa. (Mateus 5:23, 24) Ou talvez a melhor coisa a fazer seja simplesmente esquecer o assunto, deixar de lado a raiva e levar adiante sua vida.
 
Seus amigos também podem influenciar seu jeito de lidar com a raiva. Portanto, a Bíblia orienta o seguinte: “Não tenhas companheirismo com alguém dado à ira; e não deves entrar com o homem que tem acessos de furor, para não te familiarizares com as suas veredas e certamente tomares um laço para a tua alma.” — Provérbios 22:24, 25.
 
Provérbios 24:6) Jacob, mencionado no início, diz: “Um amigo maduro que me faça lembrar da Palavra de Deus é de um valor incalculável. Quando eu penso que O SENHOR me ama, apesar das minhas inseguranças, sinto que sou capaz de controlar minhas emoções e permanecer calmo.”
 
OutrUm livro popular sobre exercícios físicos comenta: “Inúmeros estudos têm demonstrado que o modo de a pessoa movimentar o corpo influencia seu humor, por meio de reações bioquímicas. O nível dos hormônios e do oxigênio muda totalmente conforme o tipo dos movimentos que executa.” Não há dúvida de que os exercícios físicos façam bem. A Bíblia nos diz: “Os exercícios físicos têm alguma utilidade.” (1 Timóteo 4:8, as dicas práticas.Por que não estabelecer uma rotina razoável de exercícios regulares? Pode ter um efeito positivo no modo como você se sente. Manter uma dieta saudável também pode trazer-lhe benefícios.
Leve em conta também suas escolhas de música e diversão. Certo estudo concluiu: “Ver violência . . . pode incitar sentimentos de raiva e agressividade. . . . As pessoas que assistiam a filmes violentos tinham pensamentos mais 
agressivos e apresentavam um aumento na pressão sanguínea.” 
 
Portanto, tome decisões boas quando o assunto é o que você ouve ou vê. — Salmo 1:1-3; 1 Coríntios 15:33.
 

E, por último, o melhor modo de controlar suas emoções é desenvolver uma amizade achegada com seu Criador. Ele convida cada um de nós a falar com ele em oração, a expressar nossos sentimentos e emoções. “Não estejais ansiosos de coisa alguma,” encoraja o apóstolo Paulo. “Fazei conhecer as vossas petições a Deus; e a paz de Deus, que excede todo pensamento, guardará os vossos corações e as vossas faculdades mentais.” Sim, você pode desenvolver a força íntima necessária para enfrentar qualquer situação na vida. O apóstolo Paulo ainda disse: “Para todas as coisas tenho força em virtude daquele que me confere poder.” — Filipenses 4:6, 7, 13
A jovem Malika diz: “Aprendi a orar, orar e orar. Saber que O SENHOR se importa conosco ajuda a sentir-me calma e a controlar minhas emoções.” Com a ajuda de Deus você também pode aprender a controlar suas emoções.

Oraçao: Amado Pai Celeste Deus de amor,força e poder nos te damos graças Senhor por suas ensinaças que atravez de seus santos profetas,foram preservadas e cuidadosamente guardada para a orientaçao de seu povo,em geraçoes em geraçoes..Obrigado,pois mesmo com nossa natureza humana,temos seu Espirito santo que habita em nós,onde nos consola,ensina e nos mostra o caminho da salvaçao em Cristo,e que mesmo neste mundo de lutas e provas O senhor é conosco ate o fim, onde nos deu o dom da fé...Amem e Amem.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TEXTOS POSTADOS

OREMOS UNS PELOS OUTROS PORQUE

OREMOS UNS PELOS OUTROS PORQUE

A RESPOSTA É:

A RESPOSTA É:

DEUS ETERNAMENTE

DEUS ETERNAMENTE

DEPOSITE SUA ESPERANÇA E

DEPOSITE SUA  ESPERANÇA E

AMADOS

AMADOS

DESEJAMOS SEMPRE

DESEJAMOS SEMPRE