ESTE BLOG SERÁ UM CANAL DE EVANGELIZAÇÃO PARA TODOS OS POVOS .

QUE POSSAMOS AJUDAR A QUEM PRECISA COM NOSSAS PALAVRAS DE CONFORTO, DE TESTEMUNHO E DE FÉ. QUE O SENHOR ABENÇOE RICAMANTE CADA UM DE VOCÊS QUE ACESSAR SE TORNAR SEGUIDOR. PAZ DO SENHOR A TODOS!

E POR MIM TAMBÉM!

E POR MIM TAMBÉM!

LEMBRAR SEMPRE!

LEMBRAR SEMPRE!

Ouça o que DEUS quer te dizer!


ALIMENTE-SE COM ESTA PALAVRA

ALIMENTE-SE COM ESTA PALAVRA

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

O GRANDE "EU SOU"-HARPA CRISTÃ 84 -CARLOS JOSÉ

Hino Grandioso És Tu - Inglês

Grandioso és Tu

alvo mais que a neve / Rose Nascimento

DEVOCIONAL



DEVOCIONAL:

Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do
que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de
dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir
os pensamentos e propósitos do coração.
 
-- Hebreus 4:12
 
PENSAMENTO:
Com que freqüência você deixa Deus fazer cirurgia no seu
espírito enquanto o Espírito de Deus usa a palavra para encorajar,
julgar, motivar, convencer, instruir e inspirar? Com tal
ferramenta à mão para a maioria de nós, não vamos deixar nenhum dia
passar sem deixar que Deus use a sua Palavra para tocar nos nossos
corações.
 
ORAÇÃO:
Todo Poderoso Deus, a sua vontade é o desejo do meu coração. Mas
eu sei que preciso ser alimentado mais constantemente pela Sua
Palavra revelada nas Escrituras. Dê-me a força e a constância na
minha caminhada com o Senhor através da Sua Palavra. Através do Seu
Espírito, inspire-me a mudar o que precisa ser mudado e ser
abençoado e encorajado nas áreas que mais preciso. Volto ao Senhor
e confio na Sua Palavra para me mostrar o caminho da minha vida. Eu
oro no nome da sua Palavra final, Jesus de Nazaré. Amém.

TENHA UM EXCELENTE DIA NA PRESENÇA DO SENHOR!

terça-feira, 26 de outubro de 2010

O Amor de Deus Deus é a fonte de vida, sabedoria e felicidade. Veja as belas e maravilhosas obras da natureza.
Observe o modo admirável com que ela se adapta às necessidades do ser humano e de todos os demais serem viventes. O sol, a chuva, as colinas, os mares, as planícies, tudo nos fala do amor dAquele que tudo criou.
É Deus quem atende às necessidades diárias de todas as suas criaturas, como o salmista expressa em palavras tão belas: "Tudo o que vive olha para Ele com esperança, e Ele dá alimento a todos no tempo certo. Ele abre a mão e, com a sua boa vontade, satisfaz a todos os seres vivos".
Deus deu seu Filho não somente para que vivesse entre os homens e tomasse sobre si os pecados deles, e morresse em sacrifício por eles; o Filho foi dado por Deus à raça caída.
Ele é o nosso sacrifício, nosso advogado, nosso irmão, apresentando nossa forma humana diante do trono do Pai, unido pelos séculos dos séculos à raça que Ele – o Filho do homem – redimiu. E tudo isso para que o ser humano fosse erguido da ruína e degradação do pecado, pudesse refletir o amor de Deus e partisse da alegria da santidade.
O preço pago por nossa redenção, o infinito sacrifício de nosso Pai celestial em entregar seu Filho para morrer por nós, deveria nos inspirar idéias elevadas acerca do que nos podemos tornar por meio de Cristo.
Deus é amor: É incondicional
Deus é amor, e seu amor é bem diferente do amor humano. O amor de Deus é incondicional e não é baseado em sentimentos e emoções. Ele não nos ama por sermos amáveis ou por fazermos Ele se sentir bem; Ele nos ama porque Deus é amor. Ele nos criou para ter um relacionamento de amor com Ele, por isso Ele sacrificou Seu único Filho (que morreu por nós de bom grado) para restaurar esse relacionamento. QUE ESSAS PALAVRAS ABENÇOE OS VOSSOS CORAÇOES. GRAÇA E A PAZ.

Guardar A Palavra De Deus É Um Santo Remédio Que Cura A Nossa Vida "Filho meu, atenta para as minhas palavras: às minhas razões inclina o teu ouvido. Não as deixes apartar-se dos teus olhos: guarda-as no meio do teu coração. Porque são vida para os que as acham, e saúde para o seu corpo. " Provérbios 4.20-22

Ouça o que a palavra de Deus tem para lhe dizer hoje e não perca de vista o que recebeu da parte de Deus, pois é sempre algo mais valioso do que a jóia mais cara!

A palavra pregada é vida e saúde para nós! Ela é um remédio eficaz que cura qualquer dor!

Alegre-se, anime-se, receba a vida de Deus que vem todas as vezes em que você ouve atentamente a pregação!

Como você tem sido: Marta ou Maria? (Lucas 10.38-42)

A melhor parte para sair da ansiedade e da fadiga é parar para ouvir a Palavra, aos pés de Jesus, como fez Maria. Marta estava com a cabeça tão cheia e lotada de afazeres que perdeu o banquete dos céus.

Aquele que é inteligente e sábio dá atenção à Palavra e fica com a melhor parte, ou seja, aquela que o faz vencer qualquer problema.

Portanto, quando Jesus ensina, e Ele é a Palavra de Deus, dê atenção, porque ela prepara você para receber a bênção!

Maria representa o crente que tem amor e sede em ouvir a Palavra;
Marta espelha aqueles que só buscam a Jesus na hora da necessidade.

A hora da dificuldade chega, e para estas irmãs ocorreu e está descrito no capítulo 11 do Evangelho de João.

Compare as atitudes de ambas, frente a doença de seu irmão Lázaro:

Marta, a desatenta, no desespero, correu ao encontro de Jesus. Deve ter pensado que Jesus estava demorando e que isso acabou impedindo seu irmão de viver.

Maria, a atenta e fiel em todo o tempo, permaneceu em casa. Sabia que Jesus viria no tempo certo e que os judeus ali presentes para a consolarem não poderiam fazer nada, mas Jesus sim.

"Ouvindo pois Marta que Jesus vinha, saiu-lhe ao encontro: Maria, porém, ficou assentada em casa." versículo 20

Marta achou que a bênção para seu irmão seria somente no último dia. Desligada, nem prestou atenção que Jesus estava dizendo que a bênção era ali, agora! (v. 23 e 24)

Eu e você nunca vamos morrer, somos eternos e escolhemos com quem queremos viver eternamente é agora! (v. 26)

O mais tremendo vem logo após o milagre de trazer Lázaro de volta a vida após quatro dias: os que tinham vindo a Maria (a atenta e não Marta), viram Jesus operando e creram nEle.

É a bênção da Palavra retida em Marta e passada àquelas pessoas que com ela estavam, mais o poder de Jesus em ação que trouxe o crer à tona! Aleluia !

Do mesmo jeito que Jesus reviveu Lázaro, sua bênção é agora, Jesus está fazendo uma coisa grandiosa na sua vida (e na minha também) AGORA!

Em Nome de Jesus!

O PROPÓSITO DA PALAVRA DE DEUS
        II Timóteo 3.15-17 diz que as sagradas letras “podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus”, e que, “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda a boa obra” - “Visto como, pelo seu divino poder, nos têm sido dadas todas as cousas que conduzem à vida e à piedade, pelo conhecimento completo daquele que nos chamou para a sua própria glória e virtude, pelas quais nos têm sido doadas as suas preciosas e mui grandes promessas, para que vos torneis co-participantes da natureza divina, livrando-vos da corrupção das paixões que há no mundo” (II Pedro 1.3,4).  
Por tais propósitos, Palavra produz:
VIDA – I João 6.63 - “O espírito é o que vivifica; a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida”.
– Hebreus 11.3 – “Pela fé, entendemos que foi o universo formado pela palavra de Deus, de maneira que o visível veio a existir das cousas que não aparecem”.
LIMPA – João 15.3 – “Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado”.
LUZ - II Pedro 1.19 – “Temos, assim, tanto mais confirmada a palavra profética, e fazeis bem em atendê-la, como uma candeia que brilha em lugar tenebroso, até que o dia clareie e a estrela da alva nasça em vosso coração”.
ENTENDIMENTO – Salmo 119.105 – “Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e luz, para os meus caminhos”.
FIRME SEGURANÇA – Mateus 7.24,25 – “Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha”.         
REGENERAÇÃO – I Pedro 1.23 – “pois fostes regenerados não de semente corruptível, mas da incorruptível, mediante a palavra de Deus, a qual vive e permanece para sempre”.            
A Palavra é eterna – “a palavra do Senhor, porém, permanece para sempre” (I Pedro 1.25).
A PALAVRA DE DEUS COMO ALIMENTO ESPIRITUAL
        A Bíblia deve ser o nosso alimento espiritual diário se desejamos ser fortes e vigorosos na fé que professamos. Precisamos ter: decisão para ler a Palavra constantemente; graça para assimilá-la; presteza para reproduzi-la no viver diário e conhecimento para darmos testemunho dela aos outros. Se alguém não possui o necessário entendimento para isso, o útil conselho que a própria Escritura dá é: “Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida” (Tiago 1.5).
Não esqueçamos que a Palavra é - (a) leite que nutre – “desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento para salvação” (I Pedro 2.2); (b) água que limpa – “tendo-a purificado por meio da lavagem e da água pela palavra” (Efésios 5.26); (c) espada para as lutas – “Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus” (Efésios 6.17); (d) mel que deleita – “os juízos do Senhor são verdadeiros e igualmente justos,... são mais doces do que o mel e o destilar dos favos” (Salmo 19.10); (e) fogo e martelo – “Não é a minha palavra fogo, diz o Senhor, e martelo que esmiúça a penha?” (Jeremias 23.29); e, finalmente, “A lei do Senhor é perfeita e restaura a alma; o testemunho do Senhor é fiel e dá sabedoria aos símplices. Os preceitos do Senhor são retos e alegram o coração; o mandamento do Senhor é puro e ilumina os olhos” (Salmo 19.7,8). Amém.
No mundo moderno as pessoas são conduzidas a serem máquinas, que só trabalham e se preocupam com o futuro, e por isso, não tem tempo para pensar em si mesmo, nas suas escolhas e no seu proceder para viver bem com os outros. Consequentemente, elas vivem angustiadas, deprimidas, infelizes, doentes e dilaceradas.
Jesus disse ao Pai: “O mundo os odeia, porque eles não são do mundo, como também eu não sou do mundo. Não peço que os tires do mundo, mas sim que os preserves do mal.” (Jo 17, 14-15). Ele deu-nos uma orientação para viver bem a nossa vida.
Aquele que vive a partir da mentalidade do mundo está mais exposto ao mal. Também vive uma divisão total, em si mesmo e com as pessoas. O egoísmo, a  ganância, o individualismo, o orgulho, a vaidade e o desamor  imperam em sua vida.  
Jesus continua ensinando como viver bem: “Dei-lhes a glória que me deste, para que sejam um, como nós somos um: Eu neles e Tu em mim, para que sejam perfeitos na unidade, e o mundo reconheça que me enviaste e os amaste como amaste a mim.” (Jo 17, 22-23).
Deus nos conduz a sermos perfeitos na unidade, com Ele, conosco mesmo, com o próximo e com o mundo. Como viver esta verdade? Quero refletir com você sobre um dos segredos para sermos perfeitos na unidade: a reconciliação.
A reconciliação é importante para recomeçar um casamento, uma amizade, um relacionamento entre irmãos e para viver a unidade com Deus, consigo mesmo, com os outros e entre os povos. QUE ESSE ESTUDO ABENÇOE OS VOSSOS CORAÇOES A GRAÇA E A PAZ.
A PALAVRA DE DEUS:  ALIMENTO DA ALMA.
 “Não só de pão vive o homem, mas de toda Palavra que procede da boca de Deus.”  (Mt 4,4) 
O homem necessita deste alimento: a Palavra de Deus, como necessita do pão para alimentar o corpo. 
A Palavra de Deus é espírito e vida, mas infelizmente muitas pessoas ainda não descobriram o quão preciosa ela é, e têm gastado bastante tempo e energia valorizando somente o corpo, a matéria que perecerá.
 Jesus sabia disso quando disse: Ó gente sem inteligência! Como sois tardos de coração para crerdes…” (Lc 24,25).
Seja inteligente e busque este alimento essencial para sua vida: a Palavra de Deus
Não devemos ficar só na  intenção de ser de Deus, mas precisamos lutar e nos esforçar para ser de Deus. O demônio tem tentado nos impedir de viver o primeiro mandamento: “Amar a Deus sobre todas as coisas”. Por isso é uma luta!Para quem descobriu que ser de Deus é o essencial na sua vida, e tem o propósito de uma entrega total ao serviço do Reino, precisa levar adiante esse projeto com fidelidade e constância, superando o comodismo, o relaxamento ou a preguiça.
A palavra de Deus é alimento e a certeza da vitória

Graça e paz amados irmãos। A palavra de Deus é o alimento diário do cristão, ou melhor, deveria ser, pois infelizmente, muitos lares cristãos estão desprovidos de apetite espiritual. A bíblia sagrada fica na estante a semana toda, sendo manuseada e lida apenas nos dias de culto na igreja. O que é um grande erro.

A vida espiritual é um grande processo que por meio do conhecimento da palavra, vamos subindo cada degrau diariamente। Se não estamos acostumados a subir um degrau por dia, não conseguiremos subir dezenas de degraus quando for necessário. (Lc 4:4) “E Jesus lhe respondeu, dizendo: Está escrito que nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra de Deus”. Tenho um exemplo bem simples: Um amigo meu não jogava futebol, nem praticava atividades físicas há muito tempo. Um belo dia desses, ele resolveu bater uma bolinha, na primeira corrida que ele deu, sofreu um estiramento na coxa, sendo obrigado a parar de jogar.
Da mesma maneira acontece com aquele cristão que não se alimenta da palavra। Na primeira batalha com o inimigo, ele é derrotado em fração de segundos, pois está desprovido da armadura da justiça. A palavra do Senhor é o nosso escudo diário, a nossa vitamina, alimento saudável e que não engorda. Podemos devorar a palavra de Deus em abundância e não engordaremos 1 kg sequer, mas ganharemos massa muscular espiritual.

Agora, quando o cristão tem um compromisso sério com o Senhor, se alimenta da palavra, se reveste da armadura da justiça, vigia e ora, aí meu irmão, sai da frente, pois um exército de anjos vai abrindo caminho, Aleluia।

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

    Minha oração 
Me faz andar ao teu lado, Senhor
Me faz viver o melhor do meu ser 
Pra te seguir, pra te amar, pra te servir.
Cuida de mim, não me deixes falhar
Meu coração pode me enganar
Mas tu Senhor, eu sei que não,
Não vais me abandonar
Guia os meus passos Senhor,
Me encoraja pra falar do teu amor
Me ensina a amar os meus irmãos
Me dá forças pra crescer,
Guardar meu coração.( irma veronica da ESPANHA e irma Neusa, do BRASIL unidas em uma so FÉ, no AMOR do nosso GRANDE DEUS:  SENHOR JESUS ,SENHOR DOS SENHORES REIS DOS REIS,AQUELE QUE REINA POR TODA UMA ETERNIDADE. A GRAÇA E A PAZ A TODOS OS MEU IRMAOS, E OS QUE VISITAM ESSA PAGINA, QUE CADA ESTUDO ABENÇOE O VOSSO CORAÇAO, E QUE DEUS ABRA, O ENTENDIMENTO DOS VOSSOS CORAÇOES, E OUÇA O SENHOR FALAR.... AMEM, AMEM
O Tribunal de Cristo!!
O Tribunal de Cristo vai realizar-se logo após o arrebatamento da Igreja .

"Mas tu, por que julgas o teu irmão ? Pois todos havemos de comparecer perante o tribunal de Cristo" (Rom 14:10).
"Pois todos devemos comparecer perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal" (2 Cor 5:10).

Neste julgamento todos os santos (crentes em Jesus) terão as suas vidas reveladas pelo Senhor num  lugar onde cada um verá aquilo que foi e fez neste mundo para ou na Obra de Deus.

Isto é chamado a purificação da igreja. Tudo será trazido à mente e á presença das testemunhas: Os anjos e os santos.  As atitudes e negligências cometidas no ministério, a boa e a má administração dos bens espirituais, a boa ou má conduta cristã, tudo será sondado pelo Senhor.
Todo o céu presenciará este julgamento.
E Tudo  será revelado (Heb 4:12-13 ; Mat 10:26).(Porque sabemos isto, devemos habitar na plena luz que o Evangelho  nos concede. Falar a verdade e procurar cumprir com a vontade de Deus que se revela na Sua Palavra. Isso decerto trará galardão de glória para nós. Como diz Paulo:  "Se nós julgássemos a nós mesmos, não seriamos julgados" (1 Cor 11:31),
Ele vai recompensar todo o trabalho das nossas mãos e todo o nosso empenho demonstrado na honra do Seu Nome - ali naquele tribunal.
As obras dos santos serão todas provadas pelo fogo; ou seja, tudo será examinado.

Se as fizemos de boa vontade, receberemos galardão, mas se as fizemos com motivos de auto benefício, nada receberemos.
Este lugar não será um tribunal condenatório, antes um lugar onde Cristo vai recompensar ou não aqueles que são Filhos de Deus. Ninguém poderá ser condenado porque o Juiz é também o nosso Advogado e Ele afirma que não há mais condenação para aquele que nEle deposita a sua fé. Rom.8.1 -  Heb.10.17 e João 3.18.
Dinheiro!!!

Quando Simão, em Samaria, viu que pela imposição das mãos dos apóstolos era dado o Espírito Santo, "ofereceu-lhes dinheiro, dizendo: Dai-me também a mim esse poder, para que aquele sobre quem eu impuser as mãos, receba o Espírito Santo. Mas disse-lhe Pedro: Vá a tua prata contigo à perdição, pois cuidaste adquirir com dinheiro o dom de Deus. … Arrepende-te, pois, dessa tua maldade, e roga ao Senhor para que porventura te seja perdoado o pensamento do teu coração… (Actos 8:18-23).

Deste episódio transcrito tiramos os seguintes ensinamentos:
--Qualquer dom de Deus não se pode adquirir com dinheiro;
--Quem cuida poder fazê-lo não tem um coração recto diante de Deus e deve arrepender-se deste mau pensamento.

As Escrituras  testificam que os dons são recebidos de graça, e portanto devem ser postos ao serviço dos outros de graça.
Como filhos de Deus devemos exercitar-nos na piedade para com os outros.
Mat 10 - De graça recebeste de graça dai!!!

Alguns estão no meio cristão procurando com as suas prestações ganhar dinheiro… Isto é desonesto.
Os direitos autorais do Senhor Jesus, de Paulo, Pedro, Judas, Tiago e tantos outros estão a ser cobrados por quem?
Quem se advoga seus representantes? Com que direitos?

São idólatras aqueles que levantam no seu coração o ídolo do dinheiro, pondo diante de si o tropeço enganando os irmãos simples e inconstantes nos seus caminhos fazendo-lhes crer que o que cobram serve para sustentar missionários e a Obra de Deus.

Nunca Deus precisou usar homens para a sua Obra cobrando pelo cantar, pregar ou ensinar.
A desonestidade do comércio no meio da igreja profana o santuário de Deus; faz desses espertos ricos e altivos;  famosos e poderosos, mas injustos perante Deus.
É hora de conversão. De voltar atrás com o erro e pedir perdão.
É hora de dar ouvidos à Palavra de Deus.
Muita atenção ao orgulho !
Muitos questionam se o orgulho é ou não pecado. Alguns dizem: “Eu tenho orgulho no meu pai”… outros “eu tenho orgulho na minha igreja”… e ainda “eu me orgulho de pertencer a Cristo”…

O que é que a bíblia diz sobre isto?

Não nos interessa a opinião pessoal, nem o que a sociedade está habituada a ouvir e a falar.
Estudando as Escrituras reconhecemos que o orgulho foi um dos vários pecados que o querubim ungido de Deus,  Lúcifer , teve ao afrontar Deus no passado.
Ele sofreu as consequências do seu erro (Orgulho, Soberba, altivez, etc) Isaías 14-11 diz “Já foi derrubada na sepultura a tua soberba com o som das tuas violas; os vermes debaixo de ti se estenderão, e os bichos te cobrirão.  Como caíste desde o céu, ó estrela da manhã, filha da alva! Como foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações! E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte.  Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo. E contudo levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo”)
Este pecado é da autoria do agora príncipe das trevas  Satanás.

Ora aqueles que copiam os pecados de que Satanás foi o seu inventor e promotor não sãos os filhos de Deus mas são aqueles que tem por pai o diabo. Disse Jesus “Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira”.

Pela Palavra sabemos que uma pessoa orgulhosa é sábia aos seus próprios olhos (Provérbios 3:7), por isso não está disponível para receber instrução. 
O orgulho inferioriza sempre alguém porque toma como mais importante o objecto ou a pessoa que quer colocar no pedestal.
O orgulho produz excesso de confiança com respeito ao que se quer fazer sobressair.
Isso faz parte da tentação e a tentação pode induzir ao pecado (1 Coríntios 10:12).

A Palavra ensina-nos a ser humildes e nunca orgulhosos. humilhai-vos..." (Tiago 4:6-10).
Somos admoestados pela Palavra de Deus a viver na Vontade de Deus (Rom.12.1-2) e a procurar a santidade (Heb.12.14), por isso o orgulho é um dos pecados que o crente deve fugir dele. Pois trata-se de um pecado perigoso. E"Deus resiste aos soberbos".
O orgulho é para aquele que inconscientemente o pratica um principio para a quebra dos princípios morais e espirituais que os mandamentos de Cristo ensinam.
Prov 16:18: "A soberba procede a ruína, e altivez do espírito precede a queda". Prov 11:2: "Vindo a soberba, virá também a afronta; mas com os humildes está a sabedoria". Prov. 21.4 -Olhar altivo e coração orgulhoso, tal lâmpada dos ímpios é pecado
1 João 2:16: "Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo".
IICor.12.19-Perante Deus, falamos em Cristo, e tudo isto, amados, é para vossa edificação. Porque temo que, quando chegar, não vos ache quais eu vos quero, e que eu seja achado por vós qual não me quereis; que de algum modo haja contendas, invejas, iras, porfias, detracções, mexericos, orgulho, tumultos;
II Tim.4 -Sabe, porém, isto, que nos últimos dias sobrevirão tempos penosos; pois os homens serão amantes de si mesmos, gananciosos, presunçosos, soberbos, … atrevidos, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando-lhe o poder. Afasta-te também 
Como agradar ao Senhor antes do Arrebatamento
Antes de partir para junto do Pai, o Senhor Jesus disse:” Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito; vou preparar-vos lugar, e quando eu for e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos tomarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também ”.(João 14.1-3). Disse também ” e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. (Mateus 24.20) mas antes tinha pedido aos seus discípulos “ide, fazei discípulos de todas as nações, baptizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado;” (Mateus 28.16-19) e por fim próximo da ascensão Jesus declarou ” Assim está escrito que o Cristo padecesse, e ao terceiro dia ressurgisse dentre os mortos; e que em seu nome se pregasse o arrependimento para remissão dos pecados, a todas as nações, começando por Jerusalém. Vós sois testemunhas destas coisas. (Lucas 24.46-48).

Numa primeira observação aos ditos do amado Salvador constatamos o desejo que os seus discípulos sejam pacientes, tranquilos e pacíficos dando-nos a promessa de estar connosco todos os dias voltando para nos levar para junto de si. No entanto enquanto isso não acontece a sua vontade é que sejamos testemunhas das coisas que Ele fez por nós e em nós.
A Palavra de Deus ensina a “ ser firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é em vão no Senhor " I Coríntios 15:58.
Perante este verso poderemos questionar: “ o que agrada ao nosso Senhor Jesus Cristo? “ A resposta é fácil:  Ser abundante na Sua Obra.
Como pode o crente ser abundante na Obra de Cristo? Que deve fazer? Vou apresentar cinco factores que considero básicos:

1 - Ser firmes na Fé em Cristo.
O crente em Jesus é um homem de fé. Porem algumas vezes as duvidas, os medos e a confusão assaltam o seu espírito. Ora convém confiar plenamente e sem reservas Naquele que tem poder, que nos ama e deu a sua valiosíssima vida na cruz para nos salvar.
Sabendo que sem fé é impossível agradar-Lhe (Hebreus 11.6) sejamos firmes e constantes neste dom especial que Deus nos deu (Efésios 2.8). Vivamos com fé e por fé.

2  Ser firmes no ensino da Palavra de Deus
Vivemos dias de muita confusão religiosa e muitos estão a utilizar mal a sã doutrina. A Palavra de Deus tem sido desautorizada pelos homens e muitos tem-na desprezado.
Para nós a Palavra de Deus é um tesouro e que saboreamos  como o salmista “ A lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do Senhor é fiel, e dá sabedoria aos simples. Os preceitos do Senhor são retos, e alegram o coração; o mandamento do Senhor é puro, e alumia os olhos. O temor do Senhor é limpo, e permanece para sempre; os juízos do Senhor são verdadeiros e inteiramente justos. Mais desejáveis são do que o ouro, sim, do que muito ouro fino; e mais doces do que o mel e o que goteja dos favos. (Salmo 19).
Assim como sabemos que somos bem-aventurados porque meditamos nela de dia e de noite (salmo1) sejamos firmes e constantes no ensino da verdade e da sã doutrina (I Timóteo 6)

3 - Ser firmes na oração
Através de Jesus - o Mediador Todo-Poderoso, temos comunicação directa com Deus, o criador do Universo. Ele é além de nosso Deus também nosso Pai porque o sacrifício do amado Jesus nos outorgou esta filiação.
Se amamos o nosso Senhor e Salvador Jesus temos prazer Nele e por isso existe também prazer na oração diária. A disposição e vontade de estarmos em contacto constante com Deus permite-nos uma relação de comunhão que se traduz em bênçãos espirituais. Através da oração o crente é fortalecido para realizar os propósitos definidos por Deus para si mas também é motivado para a sua fidelidade á Palavra.
Por isso sejamos sempre firmes e constantes “ Perseverando na oração, velando nela com acções de graças” (Colossenses 4.2)
4  Ser firme e constante amor fraternal.
O inimigo de Deus tem criado inimizades e ódio entre os irmãos, ao ponto de igrejas, que deviam ser uma família se dividirem, demonstrando a falta de amor entre eles.
Existem “crentes” que só tem prazer em dizer mal dos seus irmãos.
O nosso Deus afirma: " Estas seis coisas aborrece o Senhor, e a sétima a sua alma
abomina: olhos altivos, língua mentirosa e mãos que derramam sangue inocente;
coração que maquina pensamentos viciosos ;pés que se apressam a correr para o mal; testemunha que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos "(Prov. 6:16- 19)
A Bíblia diz ainda que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos, porque
haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e a mães, ingratos, profanos, sem afecto natural, irreconciliáveis, caluniadores, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te"( II Tim. 3:1-5)
Por isso todos nós devemos recordar o que agrada ao Senhor Jesus e que Ele proferiu na sua oração ao Pai “E rogo não somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mim; para que todos sejam um; assim como tu, ó Pai, és em mim, e eu em ti, que também eles sejam um em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste.” (João 17.20-21).
Ele quer unidade do Corpo e apontou a forma pela qual somos conhecidos dele” Um novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei a vós, que também vós vos ameis uns aos outros. Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros.” (João 13.34-35)

5- Ser firme e fiel na obra do Senhor.
A Obra do Senhor é vasta. Ela é realizada por muitos e cada um de nós pode contribuir com o seu testemunho pessoal mostrando suas experiencias com Cristo aos que ainda não pertencem á família de Deus.
A Obra de Deus é dele não nossa, por isso não devemos estar preocupados com aqueles que trabalham de maneira diferente de nós mas nós precisamos de estar firmes e constantemente motivados para a realização da Obra que o Senhor nos tem dado segundo a sua direcção e vontade.
A Salvação de almas não é da nossa responsabilidade directa. Esta responsabilidade é do Espírito Santo que os convence da sua pecaminosidade, no entanto tudo se inicia com a nossa responsabilidade em falar, testemunhar e contribuir para a compreensão do evangelho por aqueles que precisam. Precisamos de ser firmes nesta actividade de falar a tempo e fora de tempo para que almas sejam arrebatadas da perdição eterna. O Senhor se agrada deste trabalho.
Num outro plano, devemos ter prazer na comunhão com os irmãos na fé. Ele se agrada deste testemunho. Também temos prazer na contribuição para engrandecimento do Nome de Deus e de Cristo na localidade e no mundo.
Ser firme e constante nestes princípios agradamos a Jesus, o que é muito preciso enquanto Ele não volta.
O homem fiel gozará de abundantes bênçãos  (Prov. 28.20).
Crescendo em comunhão
O Começo da Vida Espiritual
Para que possa haver crescimento espiritual, a Vida Espiritual tem de existir.
A Vida Espiritual somente começa a existir quando nascemos de novo

I - O Estado Natural do Homem
1.È pecador e transgressor e está debaixo da Condenação de Deus. “Urna só transgressão resultou na condenação de todos os homens.” Rom 5: 18.
2.Está espiritualmente morto em ofensas e pecados. “Por um homem o pecado entrou no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte veio a todos os homens .”Rom 5: 12.
3. Está espiritualmente preso debaixo do poder das trevas. “O príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência. “Ef 2: 2.

Eis o nosso estado desesperado:
-Dominado pela potestade das trevas,
-Condenado por um Deus Santo. --Morto e sem vida espiritual.

II - O Destino do Homem sem a Salvação
1. A separação eterna de Deus. “Nunca vos conheci;apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.” Mt 7:23.
2. As trevas eternas. “Para as quais está eternamente reservada a negrura das trevas. “Jd 13.
“Serão lançados nas trevas exteriores: ali haverá pranto e ranger de dentes. “Mt 8: 12.
3. O fogo eterno. “Apartai-vos de mim, malditos, para ofogo eterno, preparado para o diabo e os seus anjos.” Mt 25: 41. “A sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte. “Ap 21: 8.
Desesperadamente necessitamos da Salvação.

III - O Único Salvador
1. Deus é o único que nos pode salvar. “Eu, eu sou o Senhor,e alem de mim não há outro Salvador. “Is 43: 11.
2. O Senhor Jesus Cristo, sendo Deus, veio ao mundo para ser o Salvador. “O Pai enviou seu Filho para Salvador do mundo.” IJoão 4: 14.“Cristo .Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores.” ITm 1: 15.
3. Em nenhum outro há Salvação. “Em nenhum outro há salvação.., nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devemos ser salvos. At 4: 12.“Ninguém vem ao Pai senão por mim. “Jo 14: 6.
O Senhor Jesus Cristo é o único que nos pode salvar.

IV - O Senhor Jesus pagou um preço incalculável
1. Tomou a forma de Servo e fez-se Homem para sempre. “Aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens.” Fp 2: 7.
2. Morreu pelos nossos pecados. “Cristo sofreu pelos pecados de uma vez por todas, o justo pelos injustos, para conduzir-nos a Deus.” 1 Pd 3:18.
3. Suportou a cólera de Seu Pai. “Sobre mim pesa a tua cólera:
tu me abateste com todas as tuas ondas.” Sl 88: 7.“Todas as tuas ondas e vagas têm passado sobre mim.”Sal 42: 7.
O Senhor Jesus entregou-se a si mesmo para nos salvar.

V -  Para receber esta Salvação é necessário
1. Arrepender-se dos pecados. “Deus... anuncia, agora, a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam. At 17: 30.
Arrependimento implica: Confessar e Abandonar os Pecados e converter-se a Deus.
“O que encobre as suas transgressões, nunca prosperará; mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia. “Pv 28: 13.
“Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao Senhor, que se compadecerá dele.” Is 55: 7. “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados. “At 3: 19.
2. Crer no Senhor Jesus Cristo.
“Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo. “At 16: 31.
Crer em Cristo implica: Acreditar na pessoa e na Obra de Cristo e Confiar nEle.
“A obra de Deus é esta: Que creiais naquele que ele enviou. “Jo 6: 29.
“Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.”At2: 21.

VI - A Salvação é
1 O Perdão dos pecados e a Justificação com Deus.
“Em seu nome se pregasse o arrependimento e remissão dos pecados, em todas as nações.” Lc 24: 47. “Sendo justificados gratuitamente, pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus.” Rm 3: 24.
2. A Libertação do cativeiro de Satanás.
“O qual nos tirou da potestade das trevas.” Cl 13.
3. Nascer de novo.
A todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus... os quais não nasceram do sangue... mas de Deus. “Jo 1:12,13.
“Se alguém está em Cristo, nova criatura é.” 2Co 5: 17.

VII - A Minha Decisão

1. Eu reconheço que, no meu estado natural perante Deus, sou pecador/a, controlado/a pela potestade das trevas e no caminho da perdição.

2. Eu creio que a minha salvação se encontra somente no Senhor Jesus Cristo e que Ele pagou um preço incalculável para me salvar.

3. Eu declaro que me arrependi dos meus pecados e invoquei o nome do Senhor Jesus para a minha salvação.

4. Eu confesso que creio que:
Todos os meus pecados são perdoados,
Sou libertado do poder das trevas, Sou uma nova criatura em Cristo Jesus e tenho vida espiritual.


Amar a Deus e, portanto, o cumprimento da Sua Vontade
 
Assim como a existência da vida física se evidencia por sinais vitais: a respiração e a pulsação por exemplo, também a existência da vida espiritual se confirma pelos seus sinais vitais. A ausência destes sinais vitais leva-nos a concluir que a vida não existe, e, a existência de sinais fracos deveriam levar-nos a tomar urgentemente providências para salvar a vida.No primeiro artigo desta série consideramos o sinal vital do temor do Senhor. Todos aqueles que têm vida espiritual são servos de Deus e a Palavra de Deus identifica-os como aqueles que temem a Deus.(1)
No segundo artigo consideramos o sinal vital da santificação. Todos aqueles que têm vida espiritual santificam-se como o seu Deus é Santo.(2)
 
Neste terceiro artigo consideramos o sinal vital do Amor a Deus que se evidencia através de obediência a Deus e o cumprimento da Sua vontade.
Os salvos (aqueles que nasceram de novo e têm a vida eterna) são identificados na Palavra de Deus como aqueles que amam a Deus.(3)
Ao compreendermos a grandeza do amor de Deus para connosco ao dar o Seu Filho unigénito e ao compreendermos a grandeza do amor do Senhor Jesus ao padecer por nós, nasce em cada um dos Seus filhos um profundo amor para com Ele. “Nós O amamos a Ele, porque Ele nos amou primeiro”.(4) Aquele que tem a vida eterna nasceu de Deus e aquele que é nascido de Deus ama ao que o gerou.(5) Se não há amor a Deus, a vida espiritual não existe.
O amor não é somente um mero sentimento mas reflecte-se em acção. Mostra-se através de obediência a Deus e através do cumprimento da Sua vontade. Jesus disse: “Se me amardes, guardareis os meus mandamentos”,(6) e “Se alguém me ama, guardará a minha palavra.”.(7) O amor ao Senhor nosso Deus evidencia-se através da observância dos Seus estatutos e mandamentos todos os dias.(8) O amor de Deus é este: que guardemos os Seus mandamentos.(9) Aquele que não obedece a Deus não ama a Deus.O primeiro pecado foi uma transgressão e, portanto, um acto de desobediência.(10) Uma das consequências deste acto é que todos, por natureza, somos transgressores, isto é filhos da desobediência.(11) É sobre todos os filhos da desobediência (12) que vem a ira de Deus.
Ao receber o Senhor Jesus Cristo, Ele dá-nos o poder de sermos feitos filhos de Deus e nascemos de Deus.(13) A nova natureza que, ao nascer de novo, recebemos de Deus não comete pecado e, portanto, não desobedece a Deus, e não pode pecar, porque é nascido de Deus.(14) Deus não tem filhos desobedientes.
Os filhos de Deus obedecem a Deus.(15) O evangelho que se anuncia a todas as nações é, segundo o mandamento do Deus eterno, para obediência da fé.(16)


Oração, Comunhão com Deus!
A oração consiste em manter comunhão com Deus. A fé nos faz entender que Deus existe, é um ser real que pode e quer ouvir-nos. Simplificando: orar é falar com o Senhor, expondo nossa gratidão, felicidade, adoração, necessidades e buscando socorro quando necessário. O Espírito de Deus que habita nos corações dos santos deixa-nos continuamente ligado ao Eterno, possibilitando-nos falar com Ele a cada instante, independente do lugar onde estejamos. Por exemplo: andando pelas ruas, dirigindo, numa fila de banco, trabalhando, etc. (Pode-se orar em voz audível ou apenas em espírito.) Experimente e verás que tua comunhão com o Pai se estreitará maravilhosamente.

A oração é ordenada por Deus, sem oração não há comunhão (“Buscai o SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto”. Is 55.6 vejam também: Mt 7.7 e Fp 4.6). Há muitos crentes que querem crescer na presença de Deus, serem úteis à obra, no entanto, não reservam tempo para orar; quando o faz é na igreja (cultos) ou no final da noite quando vão dormir, devido ao cansaço, somado ao sono, torna-se mecânica (repetitiva) e desprovida de “óleo”, uma oração sem vida. Esta prática é rejeitada por Deus e não sobe diante do Trono.  Sim, devemos orar na igreja, ao amanhecer, antes de dormir, a todo o momento; mas com zelo (“Assim também o Espírito de Deus vem nos ajudar na nossa fraqueza. Pois não sabemos como devemos orar, mas o Espírito de Deus, com gemidos que não podem ser explicados por palavras, pede a Deus em nosso favor.  E Deus, que vê o que está dentro do coração, sabe qual é o pensamento do Espírito. Porque o Espírito pede em favor do povo de Deus e pede de acordo com a vontade de Deus”. Rm 8.26,27)
As orações devem ser dirigidas exclusivamente a Deus (“Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto.” Mt 4.10 e Sl 5.2), sem intermediários e ao Senhor Jesus, o mediador (“Estevão chamava Jesus, dizendo: —Senhor Jesus, recebe o meu espírito!” At 7.59 e Lc 23.42) e ao Espírito Santo (“Vós, porém, amados, edificando-vos na vossa fé santíssima, orando no Espírito Santo.”  Jd 1:20). A oração do justo não fica no esquecimento, é ouvida e (“Ó tu que escutas a oração” Sl 65.2) e atendida (“Moisés e Arão foram sacerdotes de Deus, e Samuel orava a ele; eles clamavam a Deus, o SENHOR, e ele respondia.” Sl 99.6; “Na minha aflição, eu clamei ao SENHOR; ele me respondeu e me livrou da angústia.” Sl 118.5). Somos ouvidos e atendidos mediante a graça de Deus (“Quando vocês clamarem pedindo socorro, o SENHOR Deus ficará com pena de vocês; ele os ouvirá e atenderá”. Is 30.19), não é mérito pessoal. Alguns de nossos clamores são atendido de imediato (“Antes mesmo que me chamem, eu os atenderei; antes mesmo de acabarem de falar, eu responderei”. Is 65.24), outros, porém, são demorados (“Não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que a ele clamam dia e noite, embora pareça demorado em defendê-los?” Lc 18.7). Devemos orar e clamar pelo que desejamos, no entanto, é preciso entender que o Senhor é soberano e que a Sua vontade é superior à nossa. Em alguns casos não somos atendidos (“Por causa disto, três vezes pedi ao Senhor que o afastasse de mim. Então, ele me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo”. 2Co 12.8,9).

A santidade é à base de toda uma vida que deseja está em comunhão com o Senhor e usufruir a Sua graça. Infelizmente contemplamos em muitas igrejas uma espécie de “misticismo”, em troca de ofertas, recebe-se objetos “dotados de poder”, inclusive para dominar o diabo. É o evangelho fácil, totalmente desvinculado com a Palavra do Senhor. 

As nossas orações são respondidas quando buscamos servir ao Senhor (“Busquei o SENHOR, e ele me acolheu; livrou-me de todos os meus temores”. Sl 34.4) de todo o coração, isto implica, em dedicação total (“Então, me invocareis, passareis a orar a mim, e eu vos ouvirei. Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração”. Jr 29.12,13), que gera fé, que por sua vez nos faz paciente e capacita-nos a esperar o tempo oportuno (“Esperei com paciência pela ajuda de Deus, o SENHOR. Ele me escutou e ouviu o meu pedido de socorro”. Sl 40.1). Quando permanecemos firme nas promessas, somos atendidos (“Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito.” Jo 15.7), pois as nossas petições são segundo o Seu coração (“Quando estamos na presença de Deus, temos coragem por causa do seguinte: se pedimos alguma coisa de acordo com a sua vontade, temos a certeza de que ele nos ouve.” 1Jo 5.14).

É comum encontrarmos irmãos lamentando por não serem ouvidos pelo Senhor, dificilmente colhem frutos de suas orações. Onde está o erro, no Senhor Deus? De forma alguma. Veja algumas das causas, pelas quais as orações não são atendidas:
1- Os Objetivos (“E, quando pedem, não recebem porque os seus motivos são maus. Vocês pedem coisas a fim de usá-las para os seus próprios prazeres.” Tg 4.3);2- Corações impuros, cheios dos desejos carnais (“Mas, se eu tivesse guardado maus pensamentos no coração, o Senhor não teria me ouvido”. Sl 66.18);
3- Vida em pecado (“Sabemos que Deus não atende a pecadores; mas, pelo contrário, se alguém teme a Deus e pratica a sua vontade, a este atende”. Jo 9.31).

A oração que sobe como “aroma agradável” até o Senhor tem as seguintes qualificações:
1- Através do Espírito Santo (“Porém vocês, meus amigos, continuem a progredir na sua fé, que é a fé mais sagrada que existe. Orem guiados pelo Espírito Santo”. Jd 20);
2- Coração cheio de fé (“Se crerem, receberão tudo o que pedirem em oração”. Mt 21.22);
3- Vida pura e contrita (“Portanto, cheguemos perto de Deus com um coração sincero e uma fé firme, com a consciência limpa das nossas culpas e com o corpo lavado com água pura”. Hb 10.22);
4- Ser sábio nas petições (“Vou orar com o meu espírito, mas também vou orar com a minha inteligência.” 1Co 14.15);
5- Com sinceridade (“Ó SENHOR Deus, atende o meu pedido de justiça! Escuta o meu pedido de ajuda. Ouve a oração que faço com sinceridade”. Sl 17.1);
6- Santidade (“Quero que em todos os lugares os homens orem, homens dedicados a Deus; e que, ao orarem, eles levantem as mãos, sem ódio e sem brigas”. 1Tm 2.8);
7- Humildade (“se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.  Estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração que se fizer neste lugar”. 2Cr 7.14,15);
8- Incessante (“Orai sem cessar”. 1Ts 5.17 e “...põe a sua esperança em Deus e ora, de dia e de noite, pedindo a ajuda dele”. 1Tm 5.5);9- Orar em qualquer lugar (“Quero que em todos os lugares os homens orem, homens dedicados a Deus”. 1Tm 2.8).
A nossa ligação com o Senhor obrigatoriamente precisa ser íntima, isto implica em possuir a Sua mente, ou seja, pensarmos e agirmos de à Sua semelhança.

“Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coração agradecido”.
Fp 4.6
O Poder da Oração
Para o bem de cada crente, Deus concedeu-lhe duas grandes e preciosas bênçãos que devemos usar diariamente: a Sua Palavra e a Oração. Pela Sua Palavra Deus revela-nos, alem de muitas coisas mais, a grandeza da Sua bondade e da Sua misericórdia e a certeza de que estas nunca se esgotarão. Pelo Oração o crente reconhece a sua fraqueza e incapacidade de fazer coisa alguma, até mesmo de dirigir bem a sua própria vida, mas que Deus quer e é poderoso para nos sustentar, proteger e guiar. Como é bom falar com o nosso Pai, dizer-Lhe que O amamos, agradecer-Lhe por todas as Suas dádivas e pelo perdão dos nossos pecados. E acima de tudo implorar-Lhe pela nossa família, nossos vizinhos, Sua Igreja e pelos perdidos. Se queremos realmente um avivamento sejamos homens e mulheres de oração.
Os bem conhecidos homens e mulheres da Bíblia, obtiveram poderosas respostas às suas orações. Temos ultimamente considerado as vidas de Samuel, de sua mãe e de David e ficamos impressionados com as respostas que obtiveram de Deus às suas orações. Elias, Eliseu, Isaías, Jeremias, Ezequiel, Josias, Daniel e muitos outros, são a prova de que a oração feita por um justo tem grande poder junto de Deus.
Não é só quando estamos em aflição que devemos orar. Orar é conversar com Deus e dar-Lhe graças por tudo quanto Ele permite que nos aconteça. Nós sabemos que todas as coisas contribuirão para o nosso bem. Quer nas situações difíceis, quer nas coisas fáceis, devemos sempre buscar ao Senhor em oração.
O Senhor Jesus, não obstante ser o Filho Unigénito de Deus, que sempre fez a vontade do Pai, Ele nos estimula a orar, com o seu ensino e com o seu exemplo. Ele ia para os montes e passava noites em oração. O Senhor derramou gotas de sangue em oração. Ele disse que era um dever nosso orarmos sempre e nunca desfalecermos. O Senhor disse ainda para que, quando orássemos, não fôssemos como os hipócritas.., que não usássemos de vãs repetições... mas que entrássemos no nosso quarto e fechássemos a porta e nosso Pai nos recompensaria. Paulo também foi um grande homem de oração. E escreveu: "Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos, e por mim" Ef.6:18,19.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Testemunho do Irmão Lázaro Pt 1

Testemunho do Irmão Lázaro Pt 2

Testemunho do Irmão Lázaro Pt 3

Testemunho Final 4 Lazaro Ex Olodum

“A FAMÍLIA É O MAIOR PROJETO DE DEUS NA TERRA”

CASAMENTO

 
O Senhor disse: "Não é bom que o homem esteja só: far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea" (Gn 2:18) De acordo com a vontade de Deus, o propósito do casamento é o de satisfazer a necessidade que o homem possui de companhia. Portanto, o primeiro propósito do casamento é o de acabar com a solidão do ser humano através da companhia. A constituição da família, através dos filhos do casal é uma conseqüência divina do matrimônio. O casamento, portanto, é um compromisso de fidelidade mútua. É um companheirismo de submissão mútua e voluntária. Também é da vontade de Deus em todo casamento que o casal se ame com uma atração espiritual, emocional, física e que esta continue a aumentar através de toda a sua existência até que a morte os separe. É possível para todo casal cristão desenvolver, viver e usufruir esse relacionamento de amor em sua vida por achar-se em harmonia com a vontade expressa do Deus Todo-Poderoso. Será Ele quem ensinará e capacitará para que o amor entre um casal seja vivido em toda a sua plenitude. No entanto, é imprescindível que o casal esteja em plena comunhão com Deus para que isso se torne realidade.

O casamento é uma aliança

Aliança é o termo Bíblico que descreve a relação entre o homem e Deus no processo de salvação. Nas Escrituras, uma aliança é um pacto solene que envolve um soberano e um vassalo. A aliança acarreta bênção quando cumprida e maldição quando quebrada. Precisamos compreender o texto de Mt 19:3-9 em que Jesus diz que o divórcio é proibido mas que foi permitido por causa da dureza do coração humano. Deus nunca intencionou o divórcio, pois este contraria a essência do casamento como uma aliança que nunca deverá ser quebrada e anulada. Você então pergunta: Por que foi dada a permissão para o divórcio conforme Mt. 19:7? Jesus responde em 19:9 "Quem repudiar sua mulher, não sendo por causa de relações sexuais ilícitas, e casar com outra comete adultério". Note bem que a única razão para o divórcio segundo Jesus é o adultério, e isto para proteger a parte inocente, e não para dar às pessoas uma maneira fácil de cair fora de um relacionamento desagradável. Fora do adultério, o casamento só pode ser dissolvido em honra, somente pela morte. Divórcio é o atestado do pecado humano. Em Mt 19:6 Jesus afirma que "Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem" Ferir este princípio é atrair desastrosas conseqüências.
Lembre-se que o pecado entrou no mundo no primeiro casamento. Foi aí que o diabo começou sua obra mais fatal, sendo essa a razão pela qual você jamais terá um casamento feliz e sólido; e uma vida familiar harmoniosa sem esforçar-se para isso e sob a luz e direção do Espírito Santo.

Seja uma benção na vida de seu cônjuge

A prática da benção põe fim à troca de palavras amargas que prejudica tantos casos de amor. A mulher virtuosa descrita em Provérbios 31 diz que recebe louvores porque fala palavras sábias e a lei da bondade está em sua língua. Você pode abençoar seu casamento por meio de palavras bondosas e cheias de amor dita a ele e sobre ele. Demonstrando sua atitude de agradecimento e apreciação pelo seu cônjuge. E através de suas orações a Deus a favor de você  ELE vai lhe abençoando e  trazendo muitas alegrias para seu lar!

“A FAMÍLIA É O MAIOR PROJETO DE DEUS NA TERRA”

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Quatro frases que o casal CRISTÃO deve praticar:




Palavras que o casal CRISTÃO deve praticar.

Deus quer que você vivam bem no casamento e namoro; quer também que você viva bem com ele. Faça a vontade de Deus em todas as áreas da sua vida.

Há quatro palavras, ou frases, que precisamos falar todos os dias para os nossos cônjuges ou companheiros.
Se não falamos em voz alta, precisamos pelo menos falar em nosso coração.Estas palavras curam muitos dos males que prejudicam o casamento e o namoro.
Ao falar estas palavras, a correspondente atitude tem que acompanhar. Se forem apenas palavras, nada adiantariam. E. Diga você estas palavras:

"Eu te perdôo".Mt 6.12; 18. 21-22; 2Co 2.10; Ef 4.32
Estas palavras (e atitude) curam o ressentimento e amargura. Pergunta para se fazer a si mesmo todos os dias: "Em que eu tenho ofendido ou defraudado? Pelo que eu sinto mal para com meu companheiro?"

"Eu te elogio".Pr 31.28-31; 1Pe 3.7
Estas palavras curam a crítica e a acusação. Pergunta para se fazer a si mesmo todos os dias: "O que meu amor fez de bem hoje?"

"Eu te sirvo". Gl 5.13
Estas palavras curam o egoísmo e a omissão. Pergunta para se fazer a si mesmo todos os dias: "Como eu posso ajudar meu grande amor hoje?"

"Eu te amo". Gl 5.14; 2Co 4.5
Estas palavras curam a negligência. Pergunta para se fazer a si mesmo todos os dias: "Como eu posso mostrar hoje o meu amor pelo meu cônjuge ou namorado(a)?"

Conclusão:
Se você falar todos os dias estas palavras para seu cônjuge, você terá um relacionamento conjugal que será uma benção. Deus quer que você vivam bem no casamento e namoro; quer também que você viva bem com ele. Faça a vontade de Deus em todas as áreas da sua vida.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

DEVOCIONAL

                                                

DEVOCIONAL:
Espera pelo SENHOR, tem bom ânimo, e fortifique-se o teu
coração; espera, pois, pelo SENHOR.
-- Salmos 27:14
 
PENSAMENTO:
Se há algo que não gostamos de fazer é esperar. Talvez é por
isso que Deus tem tanto interesse em que aprendamos a fazê-lo! Há
algo de purificador em permanecer forte em tempos difíceis e ficar
fiel quando os maus ventos sopram. Por isso Deus nos dá tempos de
espera para ver se nossa busca é por Ele ou meramente por algo novo
e fácil.
 
ORAÇÃO:
Pai Amável, eu sei que o Senhor esperou por mim tantas vezes -
para eu mostrar minha fé, me arrepender dos meus pecados, crescer
em santidade, vir ao Senhor em oração, agir com mais maturidade,
dar a quem não pode retribuir…Ajude-me enquanto espero que o Senhor
mostre a sua vontade em relação às minhas decisões, age para
aliviar minha necessidade, e revela sua presença na minha solidão.
Eu realmente lhe busco com todo meu coração. No nome de Jesus eu
oro. Amém.
BOA SEMANA NA PRESENÇA DE DEUS!

O PRIMEIRO PASSO É NOSSO OS OUTROS SÃO COM DEUS!

                                                 

O PRIMEIRO PASSO É NOSSO OS OUTROS SÃO COM DEUS!
Posso garantir que muitas pessoas que passam por aqui tem alguma coisa em sua vida que as impedem de chegar a Deus: algum hábito pecaminoso difícil de se deixar, algum ressentimento guardado do qual jamais se livrou, alguma ferida ainda aberta em sua alma ou sentimentos malignos que não sabem controlar. Todas sabem que é preciso se livrar de tais coisas e nem sempre é por falta de tentativa. Talvez o caminho que estão buscando para se resolver isto não seja o certo ou então ainda não tem a real consciência de quais sejam seus erros. Conheço algumas pessoas que têm uma vida religiosa “exemplar”, mas não conseguem enxergar seus próprios defeitos, só os dos outros. É importante reconhecermos nossos defeitos e nos livrarmos deles agora, se queremos uma vida com Deus. Como? “Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará.” Tiago 4:10

A todas estas pessoas, tenho boas notícias! A Palavra de Deus é bem clara quando nos diz que é possível se chegar a Deus somente através de Cristo Jesus, que está vivo, exatamente aí onde você está e pronto pra te ouvir, perdoar, libertar, curar e fortalecer. Esta é a primeira regra e nem adianta tentar de outra forma,  porque não vai dar certo mesmo! (João 14:6 diz assim: “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.”).

Bem, depois de termos entendido que somente através de Jesus é que podemos chegar à presença de Deus,  a próxima coisa a fazer, é tomar a iniciativa mais importante de nossas vidas, que é a renúncia a tudo aquilo que tem impedido de alcançar uma convivência mais direta e íntima com o Senhor, sem o “fantasma” da acusação o tempo todo em nossa mente. Quem é que pode ter uma intimidade com Deus, se sua consciência o acusa de alguma coisa, por menor que seja? Assim diz a Bíblia: “Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós” – Tiago 4:8  

Pode ser que o que tem lhe impedido de alcançar o coração de Deus seja algo que acha ser humanamente impossível de se resolver, porém quando Deus vê diante dele alguém que já fez tudo direitinho, reconheceu seus defeitos, se humilhou, confessou, abandonou o pecado ou perdoou a todos, então O Pai não resiste...Como eu lhes disse, meus amados, O RESTO É COM ELE!
|

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

TESTEMUNHO DO VOCALISTA DA BANDA BÁLSAMO - PARTE 1

TESTEMUNHO DO VOCALISTA DA BANDA BÁLSAMO - PARTE II

TESTEMUNHO DO VOCALISTA DA BANDA BÁLSAMO - PARTE III

TESTEMUNHO DO VOCALISTA DA BANDA BÁLSAMO - PARTE V

O poder de Deus operando na Índia

Testemunho de Jerry (legendado) - The Brooklyn Tabernacle

NABEEL, JESUS É SENHOR 02/02

NABEEL, JESUS É SENHOR 01/02

ALABA RICARDO RODRIGUEZ

Descansarei - Comunidade Evangélica de Maringá

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Como eu Aplico, Uso e Vivo a Palavra de Deus na Minha Vida? O que há no mundo? CORRUPÇÕES E PAIXÕES.
E como eu me livro disso? APLICANDO A BÍBLIA SAGRADA NA MINHA VIDA.
Veja o que diz o Versículo (5) “por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência, associai com a vossa fé a virtude; com a virtude, o conhecimento; (6) com o conhecimento, o domínio próprio; com o domínio próprio, a perseverança; com a perseverança, a piedade; (7) com a piedade, a fraternidade; com a fraternidade, o amor.” Comece a aplicar a Bíblia. Você viu quantos detalhes nós fomos chamados a aplicar na Vida? Depois ele diz: (8) “Porque estas coisas, existindo em vós e em vós aumentando,(é uma coisa que cresce) fazem com que não sejais nem inativos, nem infrutuosos no pleno conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo. (9) Pois aquele a quem estas coisas não estão presentes é cego, vendo só o que está perto, esquecido da purificação dos seus pecados de outrora.”
Não presta, e não adianta dizer assim: ‘Eu vou experimentar o amargo para…’ Não! EXPERIMENTE A PALAVRA, A FELICIDADE E O BEM-ESTAR QUE DÁ A PALAVRA DE DEUS, E A VIDA ESPIRITUAL – SÃO INCONTESTES, AMADO. (10) “Por isso, irmãos, procurai, com diligência cada vez maior, confirmar a vossa vocação e eleição; porquanto, procedendo assim, não tropeçareis em tempo algum.” Claro, quem pratica a Bíblia não tropeça! Não tropeça. Pode vir o maior apelo que vier, não tropeça. Depois no Versículo (11) “Pois desta maneira é que vos será amplamente suprida a entrada no reino eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.” Quem vive a Bíblia Sagrada não tropeça.

Como eu Aplico, Uso e Vivo a Palavra de Deus na Minha Vida? Diz a Palavra em Jó 23:12 “Do mandamento de seus lábios nunca me apartei, escondi no meu íntimo as palavras da sua boca.” Eu escondi no meu íntimo, para quê? Para praticar, para observar.
A Palavra diz em Mateus 4:4 “Jesus, porém, respondeu: Está escrito: Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus.” JESUS TINHA A PALAVRA DE DEUS PARA SE DEFENDER NA HORA DO ATAQUE, NA HORA DA PROVAÇÃO, NA HORA DA TENTAÇÃO.
Diz a Palavra em 2 Crônicas 31:20 “Assim fez Ezequias em todo o Judá; fez o que era bom, reto e verdadeiro perante o SENHOR, seu Deus. (21) Em toda a obra que começou no serviço da Casa de Deus, na lei e nos mandamentos, para buscar a seu Deus, de todo o coração o fez e prosperou.” Ezequias praticou a Bíblia, e a Palavra diz que ele prosperou. Se não fizer assim, não prospera. Em toda obra que começou no serviço da Casa de Deus, na lei e nos mandamentos, ele buscou a Deus de todo coração, e ele prosperou. Nós estamos aqui ensinando como se aplica a Palavra, como se pratica a Palavra. Não é só eu saber, eu tenho que praticar.
Diz assim João 4:23 “Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores.” Os que adoram em Espírito e em Verdade. Quem é o adorador em Verdade? O QUE PRATICA A PALAVRA.
Ter a Vida comprometida com Deus é viver a Sua Palavra. Veja o que diz 2 Pedro 1:3 “Visto como, pelo seu divino poder, nos têm sido doadas todas as coisas que conduzem à vida e à piedade, pelo conhecimento completo daquele que nos chamou para a sua própria glória e virtude,” Então, quando eu conheço Jesus, a minha Vida é uma Vida de glória, e de virtudes.  Versículo (4) “pelas quais nos têm sido doadas as suas preciosas e mui grandes promessas, para que por elas vos torneis co-participantes da natureza divina, livrando-vos da corrupção das paixões que há no mundo,”

Como eu Aplico, Uso e Vivo a Palavra de Deus na Minha Vida? E na questão, por exemplo, da fofoca? É um aspecto, porque uma fofoca além de ter uma implicação espiritual tem também emocional. A pessoa que não tem controle sobre a sua língua, sobre a fofoca, é capaz de contaminar uma Igreja, uma nação, uma família, capaz de destruir às vezes sonhos…então a Bíblia diz: ‘não faça nada que faça o irmão tropeçar, se ofender ou enfraquecer.’ você tem que praticar este Princípio. Por que eu não ando de casa em casa? Por que a minha casa não é aberta para todo mundo para fazer fofoca, beber chá às cinco horas? Porque quero preservar a minha vida. A minha vida não é para que um irmão venha a tropeçar e diga: ‘Tropecei por causa do Apóstolo. Eu errei, mas o Apóstolo me ensinou a errar.’ Não! Não tropece, nem ofenda, nem enfraqueça. Versículo (22) “A fé que tens, tem-na para ti mesmo perante Deus. Bem-aventurado é aquele que não se condena naquilo que aprova.” Cuidado, até aquilo que eu aprovo, pode me condenar. ‘Ah, Pastor, todo mundo é lésbica, todo mundo é homossexual, todo mundo cheira, tudo mundo aprova, mas eu não aprovo.’ A minha fé me diz para não aprovar isso. porque estou me condenando. Está percebendo como se aplica a Bíblia Sagrada? Versículo (23) Mas aquele que tem dúvidas é condenado se comer, porque o que faz não provém de fé; e tudo o que não provém de fé é pecado.” Paulo fala várias vezes de comidas, de bebida, porque para os Judeus a coisa que mais os ofendia era, por exemplo, ver um gentio comer carne de porco. O judeu ficava desesperado: ‘Esse cara come carne de porco!’ Mas, para nós não tem nada a ver. Na nossa cultura gentílica, quando você vai a uma churrascaria, a primeira coisa que eles põem na sua frente é uma lingüiça. Mas, se eu for convidado para estar em comunhão com judeus, e eu sei que se comer lingüiça vou ofendê-los, por que vou fazer aquelas pessoas se tornarem ofendidas, quando a Bíblia me diz: ‘Não ofenda nem faça o irmão tropeçar ou enfraquecer.’ Está entendendo? Assim é que se aplica a Bíblia.
Nós temos que entender isso. Como vou aplicar a Verdade de Deus? EU AS APLICO NAS MINHAS RELAÇÕES COM DEUS, NA MINHA RELAÇÃO COMIGO, E NA MINHA RELAÇÃO COM O PRÓXIMO. Diz a Palavra em João 13:17 “Ora, se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as praticardes.” Então não é apenas eu saber. Tenho que praticar.  Sei de coisas da Bíblia, por exemplo: se o irmão mentir dentro da Igreja, chama-o primeiro e adverte. Se ele não aceitar, chama duas pessoas para testemunhar, se ele não aceitar, leva perante a Igreja; se não aceitar, exclui.
Se sabe destas coisas, você só é feliz se as praticar. Não há pessoa bem-aventurada na Obra se não praticar. ‘Pastor, eu tenho pavio curto. Se a pessoa pisa no meu calo, eu acabo explodindo.’ Isso é o contrário da Bíblia Sagrada. DEUS NÃO MANDOU NINGUÉM NA OBRA DE DEUS SER PAVIO CURTO. ‘Pastor, quando eu me irrito, eu parto para cima, eu grito, eu pulo!’ Assim, você não é Cristão de nada. É zero, porque A BÍBLIA DIZ QUE VOCÊ TEM QUE TER DOMÍNIO-PRÓPRIO. ‘Pastor, mas eu não consigo.’ Então, PEÇA A DEUS: ‘SENHOR, EU NÃO CONSIGO TER DOMÍNIO-PRÓPRIO. ENSINA-ME A SER LONGÂNIMO, SER PACIENTE, TER DOMÍNIO-PRÓPRIO. MANIFESTA EM MIM O FRUTO DO ESPÍRITO’. Isto é praticar a Bíblia Sagrada.

TEXTOS POSTADOS

OREMOS UNS PELOS OUTROS PORQUE

OREMOS UNS PELOS OUTROS PORQUE

A RESPOSTA É:

A RESPOSTA É:

DEUS ETERNAMENTE

DEUS ETERNAMENTE

DEPOSITE SUA ESPERANÇA E

DEPOSITE SUA  ESPERANÇA E

AMADOS

AMADOS

DESEJAMOS SEMPRE

DESEJAMOS SEMPRE